Volante igual ao dos carros substitui manche de helicópteros

IDEIA FACILITA PILOTAGEM POR MOTORISTAS

Helicóptero pessoal

Tudo caminha para que, num futuro próximo, veículos compactos inspirados nos drones, como os tri e quadricópteros de pequenas hélices, sejam a alternativa de transporte aéreo pessoal.

É com essa perspectiva que os engenheiros do projeto europeu MyCopter (Meu Helicóptero) trabalham agora no desenvolvimento de uma mistura de automóvel voador com helicóptero.

Como pilotar é complicado, a equipe criou um sistema de controle para helicópteros que substitui o manche por um volante, tornando os helicópteros tão fáceis de controlar quanto os carros.

Atualmente, o treinamento de um piloto de helicóptero envolve a capacitação para manipular quatro eixos de controle, necessários para que a aeronave mantenha uma posição estável no ar.

Isto requer habilidade, conhecimento e muita concentração. A migração do manche para o volante usa capacidades que a maioria das pessoas já desenvolveu ao aprender a dirigir automóveis.

A simplificação foi possível com a introdução de um elevado grau de automação no controle da aeronave. O piloto só precisará apertar o acelerador e o freio, e controlar a direção pelo volante.

Pilotagem de helicópteros

As funções de subida e descida, segundo os técnicos sediados no Instituto Max Planck, na Alemanha, serão realizadas por uma alavanca lateral, similar a um freio de mão dos carros.

O sistema, já testado em simuladores e em um helicóptero experimental, inclui um sistema anticolisão, tecnologias de desvio automático de obstáculos, planejamento de rota e voo em formação, tudo isso a fim de facilitar o tráfego urbano dos veículos aéreos pessoais.

Um dos objetivos do projeto é que as futuras redes de trânsito aéreo permitam que os veículos viajem diretamente entre dois pontos, eliminando as vias congestionadas.

Isto será possível graças a um sistema centralizado de planejamento de rotas, que conduzirá cada veículo pelo seu roteiro, ajustando o momento da partida e a velocidade para evitar colisões.

As viagens diretas ponto a ponto também prometem economizar combustível e ajudar a reduzir o para-e-anda do trânsito, responsável pelo desperdício de grandes quantidades de energia.

Clique nas imagens para ampliar e nos links sublinhados para saber mais.

Deixe um comentário simpático neste artigo: