Um notebook na Grécia Antiga, de 2.100 anos, com portas USB

O POLÊMICO LAPTOP NUMA ESTÁTUA GREGA

Notebook na Antiguidade

Uma curiosa estátua da Grécia Antiga, pertencente ao acervo do Museu J. Paul Getty, na Califórnia, é o assunto do momento. Nela, uma serva parece mostrar um notebook aberto a uma pitonisa.

Não fossem os dois furinhos lateriais na base, semelhantes a portas USB dos modernos laptops, ninguém teria dúvidas tratar-se de uma caixinha de joias ou estojo com algum tipo de espelho.

Para os céticos, os buracos teriam sido feitos para enxertar parte quebrada da mão da menina e o pedaço de mármore tenha caído novamente. Mas os teóricos da conspiração duvidam da tese.

Eles acreditam tratar-se de um aparelho de 2.100 anos usado no Oráculo de Delfos, que permitiria às sacerdotisas conectar-se com deuses para obter informações avançadas em suas previsões.

Laptop milenar

Clique numa das imagens para ver a escultura em grande ampliação.

Um comentário em “Um notebook na Grécia Antiga, de 2.100 anos, com portas USB

  • 14 de fevereiro de 2016 em 22:39
    Permalink

    …- “nada é novo embaixo do sol !…” -rei Salomão –

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: