Um grande amigo representa nossa cultura popular na Europa

PERFORMANCE DE UM CORDELISTA EM PARIS


Antonio Barreto, além de querido amigo, é um educador, poeta e cantador bastante conhecido nos meios literários e culturais de Salvador, onde reside.

Quem não lembra do nome, já deve ter lido seus versos corrosivos que, segundo a rádio corredor, tiraram o sono de Pedro Bial e cúpula da Rede Globo.

Cordel na Universidade de Paris

Pois esse baiano, natural da caatinga nordestina, ganhou fama nacional e internacional com seu demolidor cordel Big Brother Brasil, um programa imbecil.

Agora, com sua extensa e reconhecida produção artística de caráter popular, nosso cordelista representou o País num evento cultural no continente europeu.

Cordel na França

Foi no Colóquio Internacional Poéticas de Paul Zumthor, realizado entre 20 e 23 de outubro de 2015, na Universidade de Paris X – Nanterre, na França.

Ficamos nos mordendo de vontade de contar o feito aqui, mas preferimos aguardar que ele próprio desse a notícia em primeira mão na sua Voz do Cordel.

A Chegada de Paul Zumthor no Reino do Infinito

O evento foi em comemoração ao centenário de nascimento do pensador medievalista, escritor e estudioso das poéticas da oralidade e dos fenômenos da voz no âmbito da história, da antropologia, da cultura e dos estudos literários.

Na oportunidade, Antonio Barreto fez duas apresentações e declamou o cordel A Chegada de Paul Zumthor no Reino do Infinito, em companhia da professora e doutora Raisa Bastos, responsável pela tradução dos versos para o francês.

Antonio Barreto Cordel

E, nos descontraídos momentos de lazer, que ninguém é de ferro, aproveitou para realizar uma inusitada performance musical ao ar livre, tendo a Torre Eiffel como cenário. Assista ao vídeo acima para conferir. Uma verdadeira delícia!

Clique nos links sublinhados para saber mais.

Deixe um comentário interessante neste artigo: