Russos neutralizam espiões dos EUA com máquinas de escrever

COMO UMA VIAGEM DE VOLTA AO PASSADO

Espionagem NSA PRISM

Enquanto o mundo inteiro se descabela para achar um jeito de bloquear o mega-esquema de espionagem norte-americana na rede, os russos resolveram facinho a parada ao ressuscitar as boas e velhas máquinas de escrever.

Não tem erro: você enrola o papel em branco, tecla… ou melhor, datilografa e o texto já sai impresso automaticamente na folha. Como o processo é todo manual e desconectado, não tem jeito de ninguém xeretar o conteúdo.

A sacada foi do Serviço de Proteção Federal da Rússia, agência sucessora da KGB encarregada de proteger o presidente Vladimir Putin, seus funcionários mais próximos e a equipe de governo em geral.

Para tanto, 20 máquinas de escrever já foram encomendadas com urgência, a 750 dólares cada uma, de acordo com um relatório apresentado em Izvestia, segundo informa o The Washington Post.

A agência de segurança tem como missão interromper a corrente de vazamentos de informações secretas que, nos últimos anos, tem saído a público por obra e graça do programa PRISM de vigilância dos EUA.

A FSO russa acredita que recorrendo às máquinas de datilografia irá parar com o que acredita ser uma luta desigual, onde os norte-americanos estão em alta vantagem tecnológica. Quem se sentir ameaçado pode fazer o mesmo.

Leia mais sobre o assunto no InforSalvador

Um comentário em “Russos neutralizam espiões dos EUA com máquinas de escrever

Deixe um comentário interessante neste artigo: