Rei morto, rei posto – John Galliano é despedido da própria marca

Estilista Nazista

‘REI DO CHOQUE’ DEPOSTO POR LINGUARUDICE

Do blog BananaPost

Um mês depois de ter sido demitido da poderosa maison Dior, acusado de anti-semitismo e de declarações de amor a Hitler, o estilista britânico foi agora chutado da sua própria marca, a John Galliano SA.

Galliano levou, formalmente, um pé na bunda dos diretores da empresa, cujo controle acionário pertence, com 91% do capital, ao grupo Moët Henessy Louis Vuitton, também detentor da griffe Dior.

É o corte de relações definitivo entre um dos mais poderosos grupos, LVMH, e o designer, que esteve um mês numa clínica de reabilitação nos Estados Unidos tentando tratar de seus problemas de alcoolismo.

O futuro da marca John Galliano ainda é uma incógnita, mas existe uma grande procura de investidores de países como a Itália, a China e o Médio Oriente, de olho na compra da Galliano SA por uma pechincha.

Apesar de a Dior ainda não ter anunciado o substituto de Galliano e de ter dito recentemente que não tem pressa em arranjar um novo designer, a imprensa especializada aposta que o italiano Riccardo Tisci será o escolhido para ocupar o lugar vago.

Galliano vai a tribunal no próximo dia 12 de maio, para responder por insultos um casal que se encontrava sentado numa esplanada de um café, num bairro de Paris. Galliano arrisca-se a cumprir uma pena de prisão de seis meses e a pagar uma multa de 22.500 euros.

Estilo Neonazi
Via Público

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada

Deixe um comentário simpático neste artigo: