Quando ‘quentinhas’ descartáveis de alumínio viram arte

Faces e perfis em embalagens de alumínio

A ARTE RECICLADA

A Cachaça da Happy Hour

É como sempre se fala aqui sobre o cartesianismo. A maioria das pessoas olha para embalagens de alumínio e não consegue enxergar nada mais que uma quentinha para acondicionar comida. O artista percebe no elemento utilitário com a forma de marmita descartável a tela com moldura onde expressar as suas habilidades.

Ninguém imagine que relevos de perfis humanos com tal perfeição possam ser elaborados em algum tipo de marmitex usado e amarrotado. Mas o trabalho artesanal de Idan Friedman desloca o olhar para além dos elementos funcionais dos objetos do quotidiano e elabora uma sofisticada reflexão sobre a nossa cultura descartável.

Quentinhas de alumínio recicladas

Clique nas imagens para ampliar mas não deixe de ver a galeria completa de Idan X no Flickr.

Deixe um comentário simpático neste artigo: