Profissão divina – como um repórter ou jornalista se vê

Profissão Jornalista

REALIDADE DISTORCIDA

O Chefe de Redação

Em todas as profissões — engenheiros, médicos, advogados, artistas, atletas, juízes… hummm, esses então! — tem sempre um ególatra sem noção que se julga melhor que todos, acima do bem e do mal, enfim, que SE ACHA um verdadeiro deus.

Jornalista não. Ah, este tem CERTEZA absoluta da sua condição divina, principalmente aquele que vende a sua força de trabalho para os veículos da chamada velha mídia, também conhecida como PiG – Partido da imprensa Golpista.

Profissão Repórter

Aqui na Matéria Incógnita temos alguns companheiros que são jornalistas e, por este motivo, nos sentimos muito à vontade para tirar um sarro com a nossa profissão, receber críticas ou praticar o saudável exercício da autocrítica.

O que, seguramente, não é praxe entre os profissionais da “grande” imprensa, a que nos referimos acima e por cujas redações e aquários nós próprios já passamos em outros tempos, quando isto ainda era motivo de orgulho e prestígio.

Fotomontagens vistas no Nassif, a primeira delas do Russo, Logo Existo (clique para ampliar)

Deixe um comentário interessante neste artigo: