Power Pocket da Vodafone recarrega celular com calor do corpo

BOLSO DE SHORT CAPTA ENERGIA HUMANA

Recarga de celular

Este shortinho jeans chama-se Power Pocket e põe fim às preocupações com a bateria do celular. A nova tecnologia não precisa de corrente elétrica nem de energia solar para recarregar o aparelho eletrônico. O único requisito é um corpo humano.

O dispositivo funciona através de módulos termoelétricos que convertem o nosso calor em energia. Os primeiros protótipos já estão disponíveis, além da bermudinha e sacos de dormir, com os quais é possível recarregar o celular enquanto se anda, dança ou dorme.

O projeto foi desenvolvido numa parceria entre a empresa britânica Vodafone e o departamento de Ciências Eletrônicas e Computação da Universidade de Southampton. A fase experimental vai decorrer ao longo de toda a época “baladeira” e de camping do verão europeu.

Oito horas de sono dentro do saco de dormir, à temperatura média do corpo humano, ou seja, 37ºC, equivalem a 24 minutos de conversação e a 11 horas em stand-by.

Carregador de celular corporal

Da mesma forma, um dia inteiro dançando numa rave com os shorts Power Pocket libera a quantidade de calor suficiente para carregar um smartphone por 4 horas.

Em cada um dos dispositivos, a conversão em energia elétrica é feita através de módulos termoelétricos que transformam oscilações de temperatura em energia elétrica.

Os módulos termoelétricos são compostos por duas camadas, uma fria e outra quente — aquela que fica em contato direto com o corpo.

Os fluxos de calor transmitidos pelo corpo humano e as diferenças de temperatura entre as duas camadas criam uma tensão e corrente elétrica que, por sua vez, geram energia elétrica.

Embora ainda em fase de testes, a ideia é tornar o material resistente e aplicável a todas as roupas. Calcula-se que, daqui a dez anos, a tecnologia Power Pocket esteja acessível em qualquer peça do vestuário.

Deixe um comentário interessante neste artigo: