Por que os três irmãos Marinho são tão ricos e poderosos?

SAIBA DE ONDE VEM A MAMATA DOS CARAS

Família Marinho - Rede Globo

Todo mundo sabe que a Globo rege o coro midiático que exige o aumento dos juros. Ora, a elevação das taxas é ruim para a economia e para os investimentos produtivos, péssimo para o emprego e para as empresas anunciantes da Globo. Juro alto só beneficia a tesouraria dos grandes bancos, que desempenham papel relevante na reestruturação de capital das organizações da família Marinho.

JOÃO, IRINEU E JOSÉ: OS DONOS DO BV

por Rodrigo Vianna *

Chega de falar apenas em Roberto Marinho (morto há dez anos) e Ali Kamel (capataz dos patrões). A Globo tem 3 donos: João Roberto, Roberto Irineu e José Roberto. Eles mandam. Eles botam dinheiro no bolso. Eles interditam o debate.

É hora de espalhar a foto dos três, e dizer ao povo brasileiro: eles ficaram bilionários, graças ao monopolio da informação – que concentra verbas e verbo.

Precisamos colocar os três no centro do debate. Eles precisam rolar na lama da comunicação em que fazem o Brasil chafurdar.

Nesta semana, participei em Belo Horizonte de um debate promovido pelo FNDC/MG – exatamente sobre isso.

Dilma acha importante reduzir juros. E está certíssima. Mas Dilma acha que não é hora de falar em ”Democratização da Mídia”. E aí Dilma erra feio.

Os monopólios da mídia, construídos ao arrepio do que diz a Constituição, e na base de BV – Bônus de Volume (veja diálogo abaixo publicado por Paulo Henrique Amorim), impedem um debate correto sobre redução dos juros.

Parceiros dos bancos, os monopólios da mídia não querem juros baixos. Querem travar o Brasil. E constroem a fortuna bilionária de João, Irineu e José.

Na foto acima, eles aparecem (João, Irineu e José – da esquerda para a direita), com semblante de felicidade contida.

Na época, o papai deles (ao centro da foto) ainda mandava. O patriarca fez a fortuna graças à parceria estabelecida com a ditadura militar.

Roberto era apenas um milionário. Os filhos são bilionários, segundo a última lista da Forbes. Graças também ao BV. Graças ao monopólio.

Passamos anos na blogosfera dizendo que “ninguém sabe quem são os filhos de Roberto Marinho”. Está na hora de saber. Pra eles, é ótima essa situação. Discretos, poderosos, bilionários. Mas e para o Brasil?

Os três porquinhos da comunicação são os donos do BV. Os três mandam processar quem critica a Globo. Hora de botar a carinha dos três pra circular. Eles são inimigos da Democracia.

Está na hora – também – de questionar no STF a legalidade do BV. Joaquim Barbosa usou o BV para construir a tese de “corrupção” no julgamento do “Mensalão”. O BV serve pra condenar petistas.

Mas o BV da Globo é intocável? Mais que isso: é ético que agências de publicidade recebam esse dinheiro – espécie de propina oficializada pelo mercado?

Se você não sabe direito o que é o tal BV, calma, quase ninguém sabe. O BV é um segredo que constrói fortunas. E constrói o poder da Globo.

Poder que trava a Democracia, trava debate sobre juros, e permite que o capataz de João, José e Irineu use uma concessão pública para praticar um jornalismo de bolinhas de papel.

Leia então a entrevista de um conhecido publicitário escocês que explica a PHA o que é o BV:

— É a bonificação por volume, essa propina que o Brasil legalizou, o BV.

— Explica isso ao nosso leigo navegante, Mestre, por favor.

— Leigo navegante, é assim: quanto mais uma agência de publicidade programar a Globo, mais bônus, grana, ela tem. Você sabia que o BV da Globo é o maior item do faturamento das 40 maiores agências de publicidade do país?

— Que horror, Mestre, que horror! Ou seja, independente da vontade do cliente, a agência vai lá e põe anúncio na Globo para ter bônus.

— Por aí, meu filho. Mas, o diabólico não é isso.

— É que a Globo transformou isso em lei.

— Mais diabólico, ainda.

— O que, Mestre?

— É que a Globo ANTECIPA o pagamento do BV.

— E daí, Grande Mestre?

— A agência recebe em janeiro por conta do que ela vai programar na Globo em dezembro.

— É que a Globo é generosa…

— Não, meu filho, é que a Globo prende a agência num cabresto. Obriga a agência a programar a Globo para cumprir a meta e receber o bônus inteiro. Entendeu?

— É a cenoura. Para obrigar a agência a correr atrás da verba, pelo dinheiro que já recebeu.

— Você é esperto, meu filho…

* Escrevinhador

4 comentários em “Por que os três irmãos Marinho são tão ricos e poderosos?

Deixe um comentário simpático neste artigo: