Por que flamingos se equilibram numa perna quando ficam parados?

PURA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA ANIMAL

Bando de flamingos

O flamingo todo mundo conhece. É aquela ave pernalta com plumagem bastante colorida em tons de rosa vivo, que chega a até 1,5 m de altura e pode ser encontrada em praticamente todos os continentes.

Mas o que nem todos sabem é por que se equilibra numa única perna, quando se encontra em repouso nas margens das zonas aquáticas. É que mesmo não sendo um Einstein, o bicho saca bem de física.

Já que não dispõe de cartilagem ou penagem nas coxas e canelas, o flamingo perde temperatura muito rapidamente. Assim, encolhe alternadamente uma das pernas para mantê-la aquecida junto ao corpo.

Ave rosa

Por passar a maior parte do dia dentro d’água em busca de algas e pequenos crustáceos, o animal percebe a perda do calor corporal em ritmo 25 vezes mais acelerado do que em contato com o ar seco.

Isto acontece pela contração dos vasos sanguíneos, que pode resultar em hiportemia. O fenômeno é acentuado pelo tamanho da pata com membranas, superando 5% da área da superfície do seu corpo.

Ao fazer seu “aquecimento” prévio, o flamingo consegue retardar entre 40 e 70% a dissipação do calor pela água fria. E tempo, pare ele, é vital, pois significa maior quantidade de alimentos ingeridos.

Um comentário em “Por que flamingos se equilibram numa perna quando ficam parados?

Deixe um comentário simpático neste artigo: