Pilha de madeira descartada projeta sombras perfeitas de pessoas

Arte com madeira reciclada

O NIILISTA OTIMISTA

A Cachaça da Happy Hour

Imagine um empilhamento aleatório de sarrafos e pedaços de madeira velha descartada.

Só que os aglomerados não são tão fortuitos quanto podem parecer à primeira vista.

É que quando iluminados por um projetor de luz, se transformam em esculturas que lançam sombras perfeitas de pessoas na parede.

No caso, trata-se dos auto-retratos dos próprios artistas, criadores desse tipo de arte inusitada.

O resultado é surpreendente e poderoso pois redefine como formas abstratas podem se transformar em entes figurativos.

A dupla Tim Noble e Sue Webster batizou sua obra de Niilista Otimista, para uma exposição inaugurada esta semana em Londres.

Veja mais imagens desta estranha e criativa coleção no Colossal.


Deixe um comentário simpático neste artigo: