Piada de mineiro aproveitando o feriado prolongado na praia


Nerso da Capitinga
O feriadão chegando, é festa! A mineirada da Zona da Mata começa a tampar na pista em direção às praias do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Em comemoração, uma piadinha, só que um cadinho mais… digamos, picante:

O mineirim tava no Ridijaneiro, bismado c’as praia, pé discarço, sem camisa, aquele carção samba canção. Detái: sem cueca nem sunga pur dibacho.

Os cariocas zombano, contano piada de mineiro. Alheio a tudo, o mineirim olhô praquele marzão besta e num se güentô. Correu a toda velocidade e deu umas cambaióta praquecê, uns mergúi, pegô jacaré e tudo mais que tindireito.

Quando saiu du mar, o carção de ticido finiiim tava transparente e grudadiiim na pele.

Todu mundo na praia tava oiano pro tamanho do pinguelo que o mineirim tinha. O bichim ia inté pertim do juei, a turma nunca tinha visto coisigual. As muié cum sorrisão, os homi roxo dinveja, só tim ozói pro piu-piu.

O mineirim intão percebeu a situação, ficou todinvergonhado e gritô:

– Que qui foi, uai?! Vão dizê qui quando ocêis pula n’água fria, o pintim docêis num incói tamém?!

Um comentário em “Piada de mineiro aproveitando o feriado prolongado na praia

  • 5 de outubro de 2009 em 22:35
    Permalink

    Huashuashuashuashaush!!!! Muito boa!!! Grande Nérsso!!!

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: