Pesquisa diária coloca Dilma 16 pontos na frente de tucano

Novo logotipo da TV Globo

BOLINHA PROVOCA QUATRO PONTOS NA CABEÇA DE SERRA

O tracking diário do PT identificou um aumento de quatro pontos na diferença entre Dilma e Serra. A abertura se deu em todas as regiões do País.

Antes do episódio [da farsa da bolinha de papel], Dilma mantinha uma dianteira de 12 pontos em relação a Serra. Agora, a distância aumentou para 16 pontos.

As pesquisas qualitativas indicaram como principal fator o episódio da bolinha assassina. Os eleitores do PT na mostra caçoavam do episódio; os tucanos se mostravam envergonhados.

A avaliação qualitativa da campanha de Serra também mostrou rejeição. Os adjetivos mais utilizados para descrever Serra foram vingativo e autoritário.

Via Luis Nassif

Um comentário em “Pesquisa diária coloca Dilma 16 pontos na frente de tucano

  • 28 de outubro de 2010 em 09:13
    Permalink

    A campanha de Serra é calcada sobre denúncias, difamações e acusações contra o governo do PT e à candidata Dilma Roussef, (baixo nível), deixando assuntos de apresentação de um plano de governo em segundo plano.
    Ele apresentou um programa difícil de ser cumprido:
    Aumento do salário mínimo para R$600,00
    Aumento do salário dos aposentados em 10%
    Dobrar o valor da Cesta básica + 13o. para a cesta.
    Ora isto importaria em 46,2 Bi, o que esvaziaria todas as reservas do tesouro, que a duras penas conseguimos economizar! Se ele fizer o restante do seu governo nesse passo, o Brasil voltaria ao FMI e nossa dívida externa vai às núveis! O Brasil não merece esse retrocesso!!!
    Aborto, Religião e outros assuntos de escolha pessoal, não deveriam ser objeto de discussão no palanque eleitoral, pois vivemos num país democrático e temos leis para regular o que não é lícito. Temos liberdade de credo e crença, desde que não firam os disposistivos previstos em lei.
    Em relação ao assunto ” Ficha Limpa” , acho que esse assunto é de clara decisão. Na minha opinião, tribunal nenhum deve dar atestado de bom antecedentes para pessoas que apresentam desvio de comportamento e crime de lesa pátria. Se a lei apresenta vacâncias, vamos corrigí-la agora e não prostergá-la para mais um mandato. Os políticos são representantes do povo e devem preservar o erário público de dilapidações e é para esse propósito que são eleitos e não para cuidar de seus interesses pessoais.

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: