Paraplégicos voltam a andar sozinhos com ‘calça robótica’


Um par de “calças robóticas” apelidado como ReWalk (ReCaminhar, traduzido para português) foi criado para ajudar pessoas paraplégicas a voltar a andar apoiadas por este aparelho.

A inovação foi mostrada numa feira tecnológica “Naidex” em Birmingham, no Reino Unido, e deverá ser comercializada dentro de um ano.

A empresa responsável pela criação do ReWalk é a Argo Medical Technologies, sediada em Israel. O aparelho foi criado para reabilitar os soldados que voltem com ferimentos dos cenários de guerra, como o Afeganistão.

Fim das cadeiras de roda?

A tecnologia já está sendo testada numa unidade especializada em danos da coluna, na Itália, após uma extensiva fase de testes, sendo que uma versão para o público em geral deverá chegar no final do ano.

O ReWalk consiste numa espécie de exoesqueleto que é usado pelo utilizador. É equipado com motores computorizados que mantém o aparelho na posição vertical permitindo subir degraus sem ser necessário qualquer ajuda de outra pessoa.

A autonomia que proporciona é uma das vantagens deste aparelho para as pessoas que passam a viver dependentes de outras.

Tornar a andar é benéfico não só a nível físico, já que impede uma série de problemas relacionados com a posição sentada que tem de ser adotada numa cadeira de rodas.

Cadeirantes - calça robótica

A nível psicológico proporciona também uma maior qualidade de vida.

“Para mim é incrível, a liberdade, dizerem-me que posso andar outra vez depois de me terem dito que nunca mais andaria é brilhante”, comentou Kaiof, israelense treinado no uso do dispositivo depois de ter perdido o controle das pernas enquanto estava no exército do seu país.

“Já tenho utilizado as calças há dois anos, e mudou a minha vida, posso viver normalmente outra vez”, acrescentou.

O responsável pela introdução do Rewalk no Reino Unido é a empresa Cyclone Technologies por um valor aproximado de 50.000 libras (cerca de 130 mil reais), de acordo com o jornal The Telegraph.

* Visto no ótimo Boas Notícias (que ganhou indicação permanente no nosso blogroll)

5 comentários em “Paraplégicos voltam a andar sozinhos com ‘calça robótica’

  • 17 de dezembro de 2013 em 07:59
    Permalink

    Olá, a minha pergunta quanto ao aparelho é: uma pessoa com mielomeningocele sem sensibilidade motora pode usar a calça e andar?

    Resposta
    • 17 de dezembro de 2013 em 11:32
      Permalink

      Oi, Simone. A princípio, parece que sim, porque o exoesqueleto responde externamente aos comandos do cérebro, substituindo as funções da medula espinhal através da coluna cervical.

      Mas você deve fazer o que sugerimos ao Wagner, logo abaixo: entrar em contato nos dois endereços que linkamos. Temos certeza que, tanto a empresa quanto o Instituto, não deixarão você sem essa resposta.

      Boa sorte na sua consulta. Abs.

      Resposta
  • 19 de julho de 2013 em 20:16
    Permalink

    queria saber td desse aparelho e tambem o preço
    tenho distrofia muscular
    seria bom um desse pra mim
    atenciosamente

    Resposta
    • 19 de julho de 2013 em 21:58
      Permalink

      Clique no link da Argo, na matéria, Wagner, para saber todos os detalhes. Pelo câmbio de hoje custa em torno de 170 mil reais. Mas você teria que entrar em contato, expondo o seu caso (em inglês), no endereço a seguir. Não sabemos se há convênios, entidades ou ONGs que ofereçam algum tipo de suporte financeiro.

      http://rewalk.com/contact/

      Agora, se fosse você, procuraria entrar em contato, primeiro, com o Dr. Miguel Nicolelis, titular do Instituto Internacional de Neurociências de Natal (RN), e reconhecido como um dos 20 maiores cientistas do mundo na atualidade. Ele desenvolveu um sistema parecido, só que aqui no Brasil. Confira no link:

      http://www.natalneuro.org.br/

      No mais, desejamos boa sorte e todo o sucesso na sua busca por uma melhor qualidade de vida e locomoção. Fique na paz. Abs.

      Resposta
  • 19 de abril de 2011 em 23:04
    Permalink

    ola eu sou parapegico a 3 anos e queria comprar esse aparelho por favor vcs podem entrar em contato comigo

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: