Pânico nuclear esgota detector de radiação nos EUA e Japão

Acidente em usina no Japão

CORRIDA POR CONTADORES GEIGER

Com radiação de reatores nucleares do Japão flutuando pelas águas do oceano Pacífico, consumidores norte-americanos em pânico compram todos os aparelhos ainda disponíveis.

Do blog ECOnsciência

Desde que a crise nuclear do Japão começou, o telefone de Tim Flanegin quase não parou de tocar com pedidos de contadores Geiger, como são conhecido os detectores de radiação. Agora ele não tem mais o produto em estoque.

Ele havia publicado uma mensagem em seu site, o Geigercounters.com, para avisar os novos clientes e tranquilizar aqueles que já tinham feito encomendas que os produtos seriam entregues “nos próximos dias, semanas e meses”.

Na quinta-feira passada, depois de receber centenas de pedidos, teve que tirar o site do ar quase que por completo. Em comparação com os típicos 20 pedidos por semana, ele disse, “a demanda tem sido avassaladora”.

Só que neste domingo, 3, uma atualização da página informa com destaque que os estoques estão zerados e que não serão mais aceitos pedidos para aparelhos de qualquer tipo.

Contadores Geiger

Com a radioatividade liberada pelos reatores nucleares danificados do Japão flutuando através do Oceano Pacífico, equipes de socorro, empresas e consumidores comuns compraram quase todos os contadores Geiger disponíveis nas poucas lojas que vendem o produto.

Muitas pessoas que compram os dispositivos dizem temer que sua comida esteja contaminada. Um cliente, segundo Flanegin, é um parque temático no Japão que queria verificar o seu abastecimento alimentar como medida de precaução para seus visitantes.

Detectores de radiação são encontrados como dispositivos portáteis, relógios de pulso e aparelhos do tamanho de um celular. O seu custo varia de US$ 150 por um kit desmontado a US$ 4 mil por uma versão mais sofisticada que registra dados de radiação junto com as coordenadas GPS do local onde essas leituras foram tomadas.

Tecnicamente, os contadores Geiger são apenas um tipo de detector de radiação. Mas muitas pessoas usam o termo para descrever todos os equipamentos de detecção de radiação.

Criança - medição de radioatividade

Os principais compradores do aparelho são serviços de aplicação da lei, bombeiros, militares, hospitais, laboratórios científicos e escolas. Geralmente, o público em geral, com exceção de um pequeno grupo de amadores, tem pouco interesse em radiação.

Mas isso mudou depois do terremoto seguido de tsunami gerar problemas nucleares no Japão. A demanda por detectores de radiação, juntamente com aquela por comprimidos de iodeto de potássio, que podem ajudar a prevenir o câncer de tireóide causado pela radiação, rapidamente esgotou o produto e sua limitada capacidade de produção.

A dúvida de que o governo irá revelar os verdadeiros níveis de radiação está impulsionando algumas das vendas, disse John Iovine, presidente da Imagens SI, uma empresa em Staten Island, Nova York, que faz e vende contadores Geiger e outros instrumentos científicos. “As pessoas querem ter os seus próprios contadores Geiger para verificar as informações”, disse ele.

Os níveis de radiação nos Estados Unidos permanecem dentro dos valores normais, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental americana (EPA, na sigla em inglês), que tem uma rede de detectores de radiação em todo o país. As atualizações estão disponíveis no site da agência.

Usina nuclear - tsunami no Japão

* Fonte: The New York Times, via Último Segundo e Geiger Counters

* * *

Blog ECOnsciência Inovadora

Deixe um comentário simpático neste artigo: