O significado da palavra “anfitrião”: não é elogio… é ofensa


Anfitrião ou Amphitryon = corno manso e feliz‘BOLA NAS COSTAS’

Do blog BananaPost (em 23/11/2010)

Você sabia que ser um bom “anfitrião” significa tomar “bola nas costas”? Pois é.

Na mitologia grega, Anfitrião era marido da bela Alcmena, a mãe de Hércules. E como aconteceu?

Enquanto Anfitrião lutava na guerra de Tebas, Zeus tomou a sua forma para deitar-se com Alcmena, e Hermes fez o mesmo com seu escravo, Sósia, para montar guarda no portão.

Com a imprevista gravidez de Alcmena, uma bela confusão foi criada, pois, evidentemente, Anfitrião pôs em dúvida a fidelidade da esposa. Afinal, não havia como ele “comparecer” estando em outro tipo de combate, bem distante de casa.

Todavia, quando soube que a galhada fora presenteada pelo todo-poderoso Zeus, até que Anfitrião sentiu-se muito “honrado” por ser marido de tão inocente e dadivosa mulher.

Afinal, naquela noite de injunção carnal gerou-se nada menos que o semideus Hércules.

A partir daí, segundo a tradição, o termo “anfitrião” passou a ter o sentido de “aquele que recebe bem em casa”.

Portanto, na prática e para todos os efeitos, ANFITRIÃO nada mais é que sinônimo de CORNO MANSO, devidamente feliz e assumido.

Em resumo, quando alguém vier com elogios e disser que você é um ótimo “anfitrião” fique de orelha bastante em pé. Até porque, nestes casos… cultura demais é uma droga.

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada

2 comentários em “O significado da palavra “anfitrião”: não é elogio… é ofensa

Deixe um comentário simpático neste artigo: