O R.E.M. acabou. O fim de uma das mais importantes bandas de rock

IT’S THE END OF R.E.M. AS WE KNOW IT…

O R.E.M. acabou. O anúncio da dissolução da banda norte-americana foi feito hoje, 21, com um comunicado aos fãs: “Nos despedimos com um grande sentimento de gratidão, completude e orgulho de tudo que conquistamos. A qualquer pessoa que se sentiu tocada pela nossa música, nossos maiores agradecimentos por ouvir”.

Formado em 1980, em Athens, na Georgia, por Michael Stipe, Peter Buck, Mike Mills e Bill Berry, o grupo foi um dos primeiros a quebrar a barreira da música alternativa e chegar ao mainstream com hits como “Losing My Religion”, “Shiny Happy People” e “Everybody Hurts”.

Grupo de rock REM acabou
Em seu site oficial, os integrantes disseram aos fãs que encerram suas atividades com muita gratidão e espanto por tudo o que realizaram.

Na mesma nota o vocalista Michael Stipe disse que “a habilidade de ir a uma festa é testada quando chega a hora de ir embora. Nós construímos algo extraordinário juntos. E agora vamos deixá-lo para trás”.

“Espero que nossos fãs entendam que essa não foi uma decisão fácil. Mas todas as coisas precisam acabar, e nós queremos fazer direito, fazer do nosso jeito”, explicou.

Em seus 31 anos de carreira o R.E.M. lançou 15 álbuns de estúdio, dos quais destacam-se “Murmur” (1983), “Document” (1987), “Out of Time” (1991) e “Automatic for the People” (1992).

Seu último trabalho, “Collapse into Now”, foi lançado no dia 8 de março de 2011.

O grupo tocou no Brasil em dois momentos: em 2001, no Rock in Rio, e em 2008, passando por Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo.

Fonte

Um comentário em “O R.E.M. acabou. O fim de uma das mais importantes bandas de rock

Deixe um comentário simpático neste artigo: