O modelo de biquini certo para cada tipo de corpo


Biquini adequado ao corpo

O QUE PODE OU NÃO USAR


Do blog BananaPost

Com a chegada da temporada de calor nas regiões Sul e Sudeste, as praias, piscinas e cachoeiras começam a encher com o pessoal em busca de um pouco de sol — cuidado, olha o protetor! — para substituir por um bronzeado básico aquela cor esverdeada adquirida no frio.

Também é nesta época que se observam verdadeiros vexames de garotas e madames que não aprendem a combinar o biquini adequado ao seu biotipo. Então lá vai uma listinha de dicas para evitar que você pague mico em público na hora de exibir seus atributos físicos.

BARRIGUINHA E PNEUZINHO

Aposte em:
– Calcinhas de laterais mais largas, que não marcam a parte do corpo que você quer justamente disfarçar
– Partes de baixo mais altas, que fiquem um pouco abaixo do umbigo. Ter o cós em faixa ou dobrado também ajuda
– Cores escuras, listras verticais e estampas miúdas.

Evite:
– Peças de número menor que o seu. Se não for do seu tamanho, o biquini vai apertar e pode criar volume até onde não existe.
– Fuja também de tirinhas muito finas, que apertam demais o corpo.

SEIOS GRANDES

Aposte em:
– O importante aqui é dar sustentação aos seios: por isso, modelos meia-taça ou com bojo (sem enchimento!) são ideais.
– Prefira tops com alças largas, que também ajudam a sustentar os seios.
– Combine uma parte de cima mais discreta (de cor escura, por exemplo), com uma de baixo mais chamativa: isso desvia a atenção do volume dos seios.

Evite:
– Os modelos tomara-que-caia e cortininha. Como têm pouca sustentação, eles deixam os seios “escapando” e podem até te deixar pelada num mergulho.

POUCO PEITO

Aposte em:
– Tops com bojos, drapeados e torcidos e detalhes como laços, bordados e babados aumentam o volume da região.
– Aproveite para ousar nos tons e estampas na parte de cima: cores vivas e claras e desenhos grandes e coloridos criam a sensação de volume nos seios.
– Deixe o biquíni cortininha bem franzido para dar a impressão de mais volume. O tomara que caia torcido também ajuda nesse efeito.

Evite:
– Tops com alças largas e tomara-que-caias retos dão a impressão de seios ainda menores. Fuja!

QUADRIL LARGO

Aposte em:
– O truque é procurar modelos com calcinhas mais largas ou com regulagem nas laterais, que não marcam.
– Cores escuras na calcinha e tops estampados, ou com detalhes como babados, desviam a atenção para a parte de cima do corpo.
– Se quiser usar um modelo de amarrar do lado, dê um nó e deixe as pontas caídas: evite o lacinho, que aumenta o quadril.

Evite:
– Calcinhas muito pequenas: pela proporção visual, elas vão dar a impressão de que seu quadril é ainda maior.

BUMBUM PEQUENO

Aposte em:
– Calcinhas com babados, estampas grandes e coloridas (listras horizontais são ótimas!) e detalhes como laços, zíperes e bordados.
– Se estiver em forma, pode investir nos lacinhos finos nas laterais, que dão mais volume à região.
– Calcinhas mais cavadas também dão a impressão de que o bumbum é maior.

Evite:
– Cores escuras e estampas miúdas na calcinha: assim como nas roupas, esses ítens são bons para afinar e emagrecer – o que não é o objetivo no caso!

Visto no Pensamentos Perdidos em Palavras

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada


2 comentários em “O modelo de biquini certo para cada tipo de corpo

Deixe um comentário simpático neste artigo: