O incrível mistério das pedras que ‘andam’ sozinhas no deserto

APENAS O VENTO CAUSARIA O FENÔMENO?

Pedras que andam sozinhas

Em todo o mundo, poucos fenômenos são tão intrigantes, para não dizer cabulosos ou mesmo sinistros, como os que acontecem no famoso Vale da Morte, na Califórnia, EUA.

Situada entre montanhas, a enorme região do lago seco chamado Racetrack Playa — algo como “praia dos rastros” — atrai a curiosidade pelo mistério de suas rochas deslizantes.

Casos semelhantes são encontrados em diversos outros lagos secos (playas) da região, mas os da Racetrack Playa, definitivamente, são os que causam mais arrepios.

Essas pedras de dimensões variadas, algumas bastante pesadas, com dezenas e até centenas de quilos, deixam longos rastros mostrando que foram arrastadas sem qualquer sinal de intervenção humana ou animal.

Pedras que escorregam sozinhas

Algumas chegam a “caminhar” 250 metros a partir de seu ponto original durante um único inverno. Existem cerca de 150 dessas rochas “andantes”, mas nunca ninguém conseguiu ver o seu deslocamento.

Não por acaso, os fenômenos são tratados como sendo de natureza sobrenatural — ou pela ação de espíritos indígenas ou como resultado de algum tipo de interferência de supostos seres extraterrestres em nosso mundo mineral.

Foram feitas até inúmeras tentativas científicas de desvendar o mistério. Em 1972, por exemplo, uma equipe de renomados estudiosos iniciou na área uma pesquisa com um grupo de pedras que se prolongou por sete anos.

Pedras que andam no Vale da Morte

Um teimoso bloco de 700 quilos apelidado de Karen não se mexeu de forma alguma enquanto o estudo foi realizado. Alguns anos depois, já sem monitoramento, a pedra foi encontrada a quase 1 km de seu local original.

Pressionados, os especialistas retomaram outras pesquisas na região chegando, enfim, a uma conclusão que, de tão óbvia e burocrática, só contribuiu para desacreditar ainda mais a ciência.

Na falta de respostas mais convincentes, alegaram que o gelo do inverno e os ventos fortes — que podem chegar a mais de 145 km/h — são responsáveis pelo movimento das pedras sobre o terreno seco e árido. Ninguém acreditou na hipótese.

3 comentários em “O incrível mistério das pedras que ‘andam’ sozinhas no deserto

  • 31 de janeiro de 2014 em 16:13
    Permalink

    vish… mata antes q coloquem ovos! kkkkk

    Resposta
    • 31 de maio de 2013 em 23:55
      Permalink

      Eu acho que é a Terra que se move e não elas.

      Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: