Matéria Incógnita: a estréia de novo blog na Internet

Nos próximos dias vários posts que foram publicados neste blog serão transferidos para outro espaço virtual.

A migração do conteúdo será necessária porque a atual plataforma, gratuita, não mais suporta o volume de tráfego que este blog tem alcançado.

Diariamente, são centenas, milhares de acessos que, nem de longe, podia imaginar viesse a alcançar em tão pouco tempo de presença na rede. Meudeusdocéu, são o quê, pouco mais de seis meses?

Talvez por isto, o blog esteja travando, tanto para quem tenta acessar, quanto na hora de fazer uma simples edição de postagens. Ultimamente ficou bastante difícil até realizar simples atualizações ou moderação de comentários. Ou seja, tive que dar um jeito urgente e radical nisso.

Por esta razão, decidi participar de um novo projeto, com um grupo de pessoas super chegadas e divertidas que só têm a contribuir com um espaço bastante amplo. Vai ser coisa do tipo magazine ou revista.

Vamos prosseguir numa boa, só que mais de acordo com a proposta original: falando de bebidas, jipagens, receitas e temas mineiros em geral. Isso não tem como segurar, né não?

Já os assuntos, digamos, mais dinâmicos, densos e complexos, envolvendo política, mídia e economia, por exemplo, serão abordados no novo blog já intitulado Matéria Incógnita. Nome bem instigante, não?

Essa divisão, no fim das contas, será apenas uma questão, basicamente, de conveniência.

A separação de temas vai permitir, então, uma abordagem mais aprofundada de cada um deles, ao contrário do que vem acontecendo ultimamente, tenho que admitir.

Imagino que todos saiam ganhando com isso: os amigos leitores, pela qualidade dos textos e assuntos que serão disponibilizados, e os blogueiros, pela liberdade de se manifestarem num espaço bastante dinâmico para isto. E eu vou estar também dentro dessa parada!

Na próxima postagem passo o belo currículo do pessoal com quem vou passar a me relacionar. Turma da pesada!

Assim que o blog Matéria Incógnita estiver no ar aviso aos quatro ventos. Não vai demorar, prometo. Está quase tudo prontinho da silva.

Ficamos combinados assim? Até lá então.

Deixe um comentário simpático neste artigo: