Quase fiz tudo certo pra ser feliz… mas foi por um triz, quase

INICIAÇÃO ALTERNATIVA

Essa não é para qualquer um não, só para os iniciados — Clara Sandroni e Paulo Malaguti interpretam a música “Quase”, de Luis Tatit, do CD “Cassiopéia”.

Tatit é um dos nossos monstros sagrados: músico, poeta, doutor em linguística e professor universitário — além de ter sido fundador do Grupo Rumo, representante da vanguarda musical alternativa da década de 1980, com Ná Ozetti como vocalista. Alguém se lembra da Rádio Fluminense FM, a maldita?

Quase - de Luis Tatit

QUASE

Composição: Luis Tatit * (do álbum Felicidade, de 1997)
Intérpretes: Clara Sandroni e Paulo Malaguti

Desde que
Que cheguei aqui
Tive que
Que me decidir
Vou ficando
Vou vivendo
Ou devo partir
Fui ficando
Fui vivendo
Fui partir
E era muito tarde
Quase que parto
Mas estava inseguro
Quase que embarco
Num sonho maduro
Quase me curo
Quase, eu juro
Quase dou um grande salto
Para o futuro
Fiquei no caminho
Faltou só um pouquinho

Nunca estive tão perto de ser feliz
Olha! Só não deu certo porque eu não quis
Vi a sorte a um palmo do meu nariz

Só depois
Com você aqui
Só nós dois
Foi aí que eu vi
Como muda
Como fica
Bem melhor assim
Fui sentindo
Fui gostando
Quando vi
Quase estava amando
Quase que sinto
Um desejo violento
Quase que vivo
O maior sentimento
Quase me atinge
Me pega por dentro
Quase que eu me apaixono
Nesse momento
Pra desencantar
Resolvi contar

Mas você
Você não ouviu
Eu cheguei
Já cheguei febril
Murmurando
Qualquer coisa
Só que não saiu
Foi por pouco
Muito pouco
Mais um pouco
E eu diria tudo
Tudo que estava
Na minha garganta
Tudo que eu quero dizer
E não adianta
Quase que eu digo
Com toda a emoção
Quase ponho pra fora
Meu coração
Quase que me expresso
Já pensou o sucesso!

Quase fiz tudo certo pra ser feliz
Quase que eu fiz de tudo mas eu não fiz
Quase alcancei a glória foi por um triz
Quase!

* Conheça mais sobre a carreira de Luis Tatit aqui.

3 comentários em “Quase fiz tudo certo pra ser feliz… mas foi por um triz, quase

  • 25 de abril de 2011 em 20:35
    Permalink

    Então eu sou uma “iniciada” também, pois A-DO-REI !!!
    Que música, que letra é essa, gente? Obrigadíssima pela dica.

    Resposta
  • 25 de abril de 2011 em 19:48
    Permalink

    Estive investigando o teu arquivo musical. Percebi que temos muito em comum. Esse teu gosto tão eclético e sofisticado me surpreende. Mas também me fascina. Estou curioso quanto a novos vídeos que venhas a disponibilizar. Vou ficar atento. Já percebi que aí vêm surpresas tão boas como esta.

    Resposta
  • 18 de abril de 2011 em 18:01
    Permalink

     
    Puxa Nivia, que música mais linda. Eu não conhecia.
    Me deu um grande prazer ouvir interpretação tão delicada.

    Parabéns!

    A letra me lembra um texto do poeta baiano Damário Dacruz:

    “A possibilidade
    de arriscar
    é que nos faz homens.
    Vôo perfeito
    no espaço que criamos.
    Ninguém decide
    sobre os passos
    que evitamos.
    Certeza
    de que não somos pássaros
    e que voamos.
    Tristeza
    de que não vamos
    por medo dos caminhos.”

     

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: