Ilusão de ótica aumenta volume da comida e ajuda a emagrecer

Ilusão de ótica para emagrecer

CONFIRMADA A VELHA TEORIA DO ‘OLHO GRANDE’

Por mais que se busquem desculpas para justificar a nossa eterna luta contra a balança, todo mundo sabe que na maioria das vezes engordamos porque temos mesmo “o olho maior do que a barriga” — para usar uma expressão ao gosto (ops!) popular.

Tanto isto é verdade que bastou uma pequena melhora no nosso nível de renda na última década para que os carrinhos de supermercados se enchessem e quase metade dos brasileiros ficasse acima do peso e uma boa proporção da população se tornasse obesa.

Esse tipo de comportamento, comum em quase todas as culturas, levou pesquisadores da Universidade de Tóquio a desenvolverem uma espécie de óculos para ajudar os “olhudos” ou as pessoas que estão fazendo dieta a aplicar um zíper na boca.

O equipamento, composto por câmeras de vídeo conectadas a um computador, processa a imagem da comida fazendo com que pareça ser 50% maior. Entretanto, tudo o que se encontra perto do alimento — talheres, mãos, copos etc — são mantidos na proporção normal.

Os pesquisadores testaram o novo equipamento em 12 homens e mulheres, que comeram 9,3% menos que o habitual ao usar os óculos programados para aumentar o tamanho da comida.

Entretanto, quando os óculos foram regulados para diminuir as imagens em 33%, os participantes consumiram 15% mais comida que o normal. Ou seja, a teoria do “olho grande” está cientificamente comprovada.

Via

Deixe um comentário simpático neste artigo: