Golfinhos ganham estatuto de personalidade e direitos especiais na Índia

MAMÍFERO COM O INTELECTO RECONHECIDO

Direitos animais reconhecidos

Os golfinhos acabam de ganhar o estatuto de “personalidades que não fazem parte da raça humana”, atribuído pelo Ministério indiano do Meio Ambiente e da Floresta.

Desse modo, a Índia tornou-se o primeiro país que reconhece o intelecto e autocompreensão únicos dos representantes deste ramo de mamíferos aquáticos: os cetáceos.

O governo também proibiu qualquer forma de exibição ou espetáculos com a utilização de golfinhos que não vivem em liberdade: nos delfinários, aquários, oceanários etc.

NOMES PRÓPRIOS

De acordo com a resolução do ministério, estes mamíferos com alto nível de intelecto e de organização social “devem ter preservados os seus direitos especiais”.

Segundo os últimos estudos, os golfinhos tratam-se pelo nome e podem decorar nomes únicos: sons emitidos por “velhos amigos” e ouvidos por eles uma vez há 20 anos.

E antes mesmo de completarem um ano de idade, os golfinhos são capazes de escolher para si nomes próprios constituídos por uma série de complexos sinais sonoros.

Via Voz da Rússia

Deixe um comentário interessante neste artigo: