Funcionária pública demitida por venda de rifa de motel a colegas

Demissão funcionária pública

TITICA NA CABEÇA

Do blog BananaPost

Não acabou exatamente em pizza mas num acarajé ardido a ideia idiota que passou pela cabeça de camarão de uma funcionária pública — concursada! — da Assembleia Legislativa da Bahia. A sem noção foi exonerada do cargo de chefia por ter vendido rifas de motel para servidores da Casa.

A decisão foi do presidente do Legislativo baiano, deputado Marcelo Nilo (PDT). De acordo com a assessoria da Casa, o problema foi que a servidora Shirlei Góis utilizou seu telefone funcional para promover os bilhetes da sacanagem junto aos coleguinhas de trabalho.

Ainda de acordo com a assessoria da Assembleia, a exoneração da servidora, lotada na assessoria de apoio parlamentar, será publicada nesta sexta-feira (13). Como a funcionária é concursada, ela continuará a trabalhar na Casa, mas perderá o cargo de chefia e boa parte do salário.

Ao custo de R$ 5,00 o bilhete, a rifa ofertava período de quatro horas em um motel de Salvador. Em entrevista a uma TV local, a servidora disse que o objetivo da iniciativa era ajudar uma colega em dificuldades. Também disse lamentar a repercussão negativa do caso.

Mais um exemplo de que, às vezes, o barato sai caro, muito caro…

* Imagem meramente ilustrativa. Fonte do assunto.

* * *

Blog BananaPost - o porta-voz da macacada

Deixe um comentário interessante neste artigo: