Fique bem na foto com a máquina que some com rugas

Máquina fotográfica Panasonic

Lumix DMC-FP7, da Panasonic. Eu quero!

Sabe aqueles filtros alemães instalados atualmente nas novas câmeras de TV para tirar manchas da pele e marcas de velhice em rostos, pescoços e mãos de artistas de novelas e apresentadores de programas?

Sim, me refiro a essas mesmo que você está pensando, que quando focalizam um maracujá de gaveta, daqueles bem enrugados, até parece que acabou de ser colhido de tão lisinho.

Pois bem, uma tecnologia parecida — antes privilégio de astros famosos — agora está ao alcance dos simples mortais como eu e você.

Câmera da Panasonic

É que acabou de ser lançada lá fora a Lumix DMC-FP7, tábua de salvação para quem sempre acha que não saiu bem na foto. Repare então no que esta máquina fotográfica é capaz de fazer.

Pela sequência de ANTES (esquerda) e DEPOIS (direita) já dá para notar o milagre do rejuvenescimento: a câmera suaviza as rugas, clareia os dentes e, de quebra, ainda capricha na maquiagem. Pode?

E o melhor: tudo automaticamente, sem necessidade do uso do temível Photoshop, aquela complicação dos diabos.

Máquina de fotografia

A grande sacada da Panasonic para sair com esta maravilha do outro mundo foi observar, em pesquisa interna, que 50% dos clientes de câmeras digitais sempre ficam insatisfeitos com a aparência de seus rostos em uma foto.

Bingo! Foi apenas questão de tempo para lançar a máquina fotográfica digital que faz retoques automáticos.

A Lumix DMC-FP7 chegou a US$ 230 nos EUA — menos de 600 reais — e é oferecida com os recursos, como vimos, que permitem clarear os dentes, suavizar rugas e até escolher tons de sombra e batom.

Máquina fotográfica Panasonic

Mas sempre há de aparecer um chato de galochas para dizer que com tantas correções, o resultado pode parecer falso. E desde quando vaidade se importa com isso, meu? Há algo mais ilusório que cabelos pintados, maquiagem, peitos siliconados e cara cheia de botox?

Só tem um probleminha: ainda não há previsão de lançamento no Brasil. Por enquanto… Miami fica logo ali.

Deixe um comentário interessante neste artigo: