Felipe Massa torna sua despedida da F1 ainda mais melancólica

PILOTO QUASE PROVOCOU ‘STRIKE’ NA PISTA

Felipe Massa da Ferrari

Na largada do GP da Coreia do Sul de Fórmula1, na última madrugada, Fernando Alonso ocupava a quinta posição no grid, ao lado de seu companheiro de Ferrari, Felipe Massa, na sexta.

Ao final da curva 3 da primeira volta, El Fodón de Las Asturias continuava embolado na briga pela ponta, enquanto Massinha, pra variar, sumia das câmeras de TV na última colocação.

“Eu acelerei por dentro, quis ultrapassar vários carros e freei mais tarde. Mas tinha uns cinco caras fazendo a curva devagar. Pra não bater acabei virando o carro e rodei”, explicou Massa.

De novo, mais do mesmo, outra barbeiragem homérica. E o Galvão Bueno? Nem um pio. Se fosse com o piloto venezuelano, o papagaio global debocharia várias vezes: Esse é o Maldonado!

Enfim, o alemão e quase tetra Sebastian Vettel venceu com categoria, seguido de Raikkonen, Grosjean, Hulkenberg, Hamilton e Alonso. Remando tudo de novo, Massa acabou em nono.

Quem acha que, para dar vexame, é melhor que não tenha mesmo nenhum brasileiro em 2014, prepare-se: Rubinho faz lobby pelo retorno. Risco: deixar nossas manhãs de domingo ainda mais sonolentas.

Deixe um comentário interessante neste artigo: