Eleições para Presidente: será Minas Gerais o fiel desta balança?

Todo mundo sabe que uma pesquisa Ibope tem tanta isenção ou credibilidade quanto qualquer opinião emitida pelos comentaristas da Globo ou da velha mídia em geral. Não dá para levar a sério.

Apesar disso, não deixa de ser um indicador de tendências a ser observado muito criteriosamente. Por isso, sugiro a leitura da análise lúcida de Maria Inês Nassif sobre o voto antipaulista nas eleições.

Um comentário em “Eleições para Presidente: será Minas Gerais o fiel desta balança?

  • 18 de março de 2010 em 17:26
    Permalink

    A curva para cima de uma e para baixo do outro candidato pode ser explicada por este dado apurado na pesquisa: 53% dos eleitores preferem um candidato apoiado por Lula, enquanto apenas 10% querem votar num candidato de oposição. Se bobear NÃO tem 2° turno fácil, fácil.

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: