Design e inovação tecnológica no artesanato contemporâneo

Artesanato urbano - peças e tabuleiro do jogo de xadrez

Do Blog Nemo Design

Alguns amigos internautas com quem mantemos contato costumam perguntar o motivo pelo qual os produtos expostos pela Matéria Incógnita são qualificados como “artesanato”. A impressão que têm é de que se trata de objetos tão modernos que parecem saídos de algum tipo de linha industrial. Parece que está havendo uma certa confusão nisso. Vamos desfazê-la?

Isto é até compreensível pois há pessoas que ainda acham que artesanato é uma forma de expressão necessariamente rústica, exclusiva de um determinado grupo regional ou remoto, onde são expressas a sua cultura, o cotidiano e tradições locais. Ao resultado do seu trabalho damos o nome de artesanato popular tradicional.

Neste caso se enquadra, por exemplo, o chamado artesanato rural – geralmente de origem familiar – onde usos, costumes e conhecimentos são transmitidos de geração em geração. Sua importância reside no fato de ser depositário de um passado, além de resgatar e transmitir fragmentos da memória pessoal ou coletiva.

Artesanato tradicional

Mas existe uma outra categoria com um tipo de definição mais fluida que pode receber várias designações: artesanato urbano, artesanato contemporâneo, artesanato conceitual… ou tudo isso junto. E é aí que a Matéria Incógnita se enquadra.

O artesanato urbano contemporâneo é caracterizado pela manufatura de objetos que, mesmo resgatando técnicas tradicionais, é plasticamente diferente, aproximando-se do design. Ele transmite a vivência urbana do artesão que se vale da utilização de insumos processados, como resinas, vidros, metais e tecidos, por exemplo, ou matérias-primas recicláveis que reduzem o impacto ambiental de indústrias e da população em geral.

Este modelo aliado às novas tecnologias é um tipo de reengenharia de costumes, materiais e técnicas, adaptando objetos às necessidades e à realidade dos dias de hoje. Não há limites para conceitos e regras. Talvez por isso mesmo o artesanato contemporâneo cative um público específico que valoriza a criatividade em diferentes formas de expressão.

Artesanato - design contempoâneo

O artesanato urbano não está necessariamente vinculado a referências culturais regionais. Sua produção, mesmo em séries limitadas, preserva o sentido de produto exclusivo, direcionado a um público cosmopolita de maior formação cultural. Afinal, ele transmite esse lado contemporâneo em peças com sentido utilitário e decorativo, tendo a diferença e a modernidade como atrativos principais.

Em resumo, artesanato tradicional deve ser entendido como manifestação popular que conserva os costumes e a cultura de um determinado povo ou região. Por seu lado, artesanato contemporâneo é identificado pela inovação tecnológica, inclusão e uso de novos materiais incorporando elementos de diversas culturas e tribos urbanas.

Os dois casos, certamente, representam os valores dos artesãos que os produziram; como suas próprias visões de mundo. Ou seja cada um tem seu próprio estilo, mas não deixa de ser influenciado pelo ambiente e pelos modos de vida própria da área geográfica e cultural a que pertence. Ficou claro agora?

* * *

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO PARA VER OUTROS ARTIGOS E PRODUTOS DA NEMO:

NEMO - Estúdio & Oficina de Artesanato Inovador

2 comentários em “Design e inovação tecnológica no artesanato contemporâneo

Deixe um comentário simpático neste artigo: