7 comentários em “Damário: a possibilidade de arriscar é que nos faz homens

  • 23 de maio de 2010 em 17:18
    Permalink

    Obrigada, Silvio, pela sugestão. Comovente! A estrofe de encerramento é uma pérola rara , tamanha a delicadeza sincera de Antonio Barreto:

    …Seu revólver: uma flor;
    A língua: ponderação;
    Sua ofensa: o silêncio;
    Seus versos: contemplação.
    Companhia imperdível,
    Um amigo inesquecível:
    Um anjo na imensidão…

    Salvador, 21/05/2010

    Resposta
  • 23 de maio de 2010 em 15:31
    Permalink

    Damário Da Cruz, soteropolitano, professor, poeta, fotógrafo e jornalista, autor do famoso poema Todo Risco e um dos nomes mais representativos da geração de poetas da Bahia dos anos 70 e 80.

    Resposta
  • 23 de maio de 2010 em 10:30
    Permalink

    todo pássaro
    de si
    no vôo
    sabe-se pássaro

    Resposta
  • 23 de maio de 2010 em 08:48
    Permalink

    “ A lua
    nasceu hoje
    da mesma forma.

    E você
    fica exigindo
    que eu seja diferente
    todas as noites. ”

    Resposta
  • 23 de maio de 2010 em 01:02
    Permalink

    Damário perdeu uma batalha contra um câncer mas venceu o bom combate pela vida com a obra poética e fotográfica que lega à nossa cultura. Uma pena ter partido ainda tão jovem.

    Resposta
  • 23 de maio de 2010 em 00:14
    Permalink

    “Sou um homem.
    Portanto,
    mais que palavra.

    Não pronuncio
    o sentimento
    apenas como palavra.

    O que foi dito
    ao entardecer
    não se confirma
    na madrugada.

    O que foi visto
    no sonho
    não se confronta
    com a realidade.

    Sou um homem.
    Portanto,
    uma surpresa.”

    (Damário da Cruz, em Segredo das Pipas)

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: