Cordel do Big Brother Brasil, um programa pra lá de imbecil

Do blog A Cachaça da Happy Hour (publicado em 16/01/2010)

Foi aqui que tudo começou, sem falsa modéstia. O amigo Antonio Barreto me enviou o Cordel do BBB em primeira mão e aconteceu o que todos viram. Depois que publiquei, virou uma das maiores correntes de emails que já vi.

Me sinto feliz por ter contribuído para combater o programa imbecil do Pedro Bial e sua sócia TV Globo e, de quebra, ainda ter colaborado para tornar o cordelista baiano tão merecidamente famoso.

BIG BROTHER BRASIL, UM PROGRAMA IMBECIL

Autor: Antonio Barreto, natural de Santa Bárbara-BA, residente em Salvador.

Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo
Um programa tão ‘fuleiro’
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.

Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, ‘zé-ninguém’
Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão
Lá está toda a família
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme ‘armadilha’.

Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.

Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Dar muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social
Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério – não banal.

Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os “heróis” protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.

Talvez haja objetivo
“professor”, Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos “belos” na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo
É de nos “emburrecer”
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.

E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.

E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.

A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.

Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
E vamos ficar calados
Diante de enganadores?

Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal…
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal…

FIM

Salvador, 16 de janeiro de 2010

* * *

Antonio Barreto nasceu nas caatingas do sertão baiano, Santa Bárbara, na Bahia.

É autor de um dos mais recentes e estrondosos sucessos da Internet, o cordel Caetano Veloso: um sujeito alfabetizado, deselegante e preconceituoso.

Professor, poeta e cordelista. Amante da cultura popular, dos livros, da natureza, da poesia e das pessoas que vieram ao Planeta Azul para evoluir espiritualmente.

Graduado em Letras Vernáculas e pós graduado em Psicopedagogia e Literatura Brasileira.

Seu terceiro livro de poemas, Flores de Umburana, foi publicado em dezembro de 2006 pelo Selo Letras da Bahia.

Possui incontáveis trabalhos em jornais, revistas e antologias, com mais de 100 folhetos de cordel publicados sobre temas ligados à Educação, problemas sociais, futebol, humor e pesquisa, além de vários títulos ainda inéditos.

Antonio Barreto também compõe músicas na temática regional: toadas, xotes e baiões.

* * *

Blog da Nívia de Oliveira Castro

93 comentários em “Cordel do Big Brother Brasil, um programa pra lá de imbecil

  • Pingback: Cordel ecológico em comemoração ao Dia Mundial da Água

  • 13 de janeiro de 2012 em 19:43
    Permalink

    BIG BROTHER

    Por favor não sejam injustos
    Xingando de bobo e de inculto
    Um homem como Pedro Bial
    Lembrem que quem incentiva o Big Brother
    É o povo de cabeça pobre
    Que acha tal programa sensacional.

    O Bial apenas apresenta
    O programa que se alimenta
    De telespectadores sem essência
    Os quais perdem o seu tempo precioso
    Achando aquele embuste gracioso
    E assim vão lhe dando audiência.

    O Bial está ganhando o seu dinheiro
    Enquanto o povo brasileiro
    Ajuda a pagar o seu salário
    Ao telefonar em cada paredão
    E assim de tostão em tostão
    Seres fúteis se tornam milionários.

    Tanta gente com conteúdo
    Passa a vida fazendo de tudo
    Para destacar-se na sociedade
    Enquanto o Big Brother como uma máquina
    Faz a proeza fantástica
    De transformar tolos em celebridades.

    Use o seu poder de cidadão
    Desligando a televisão
    Quando entrar no ar tal programa
    Vá ler um livro de romance
    Saia para comer ou mesmo dance
    Ou se preferir vá para a cama.

    Mas não fique criticando o Bial
    Pois não é nele que está o mal
    Causado por este programa escroto
    Demonstre ser alguém gentil
    E com educação mude o Brasil
    Apertando o controle remoto.

    Eduardo de Paula Barreto
    http://www.opoetizador.com
    11/01/2012 – SP – SP

    Resposta
  • 11 de fevereiro de 2011 em 14:18
    Permalink

    O poeta mandou maravilhosamente bem. Quem não concorda tem direito de se manifestar. Questão de ofensa cabe a educação de cada um. Quando o poeta fala em “baixaria” ele está usando um recurso para alertar o leitor sobre um absurdo. A Globo precisa mesmo de uns puxões de orelha. As novelas são escandalosas, os autores não se preocupam com o enorme número de adolescentes que são levados antecipar a vida sexual, influenciados pelas novelas. Quando o Governo pensa em pedir para diminuir a baixaria nas novelas, a emissora diz para o público que é volta à ditadura. A Globo quer é sacanagem na tela, desenfreadamente. O BBB é bobeira mesmo. Há outros temas para aprensentar à família brasieira, nossa cultura é rica, temos grandes artistas, que estão esquecidos. Por que não usá-los num projeto mais voltado para o bem da sociedade?
    Parabéns poeta, como diz o papagaio, faz mais!!!

    Resposta
    • 17 de janeiro de 2012 em 11:21
      Permalink

      Concordo plenamente com o que diz respeito aos programas emburrecedores depravados e baixos.A rede globo deveria usar do seu poder de influenciar as pessoas fazendo programas educativos com formação, para desenvolver assim mentes potentes, inteligentes, pensantes e não mentes que se entregam à morte,mentes incapazes de pensar opnar.
      Globo ajudem a criar um mundo melhor, pois vocês mesmos colherão os frutos amargos deste plantil.

      Resposta
  • 13 de janeiro de 2011 em 20:41
    Permalink

    Um ano se passou desde que o Barretão detonou o BBB e tudo continua tão igual… Acho que nós continuamos involuindo, Dona Nívea. Não temos força para enfrentar o poder destruidor global, essa é que é a verdade, concorda?

    Resposta
    • 13 de janeiro de 2011 em 21:12
      Permalink

      Que nada, o Antonio Barreto se transformou numa celebridade e é reverenciado até hoje por causa disso, com todos os méritos, pelo estrago que causou ao esquema mafioso do Bial. Cabe a nós, da blogosfera progressista, ajudar a tocar o trabalho dele adiante. É o que estou tentando fazer agora de novo ao “fixar” este antigo post. Faça o mesmo, cara, reproduza nas suas redes sociais.

      Resposta
  • 23 de agosto de 2010 em 12:36
    Permalink

    Acabei de ler um e-mail que recebi a respeito dos versos sobre a mediocridade do big brother, versos de Antonio Barreto e gostaria de deixar aqui minha mensagem.
    Achei simplesmente o máximo, não só em termos de inteligência, mas tb de alguém expor em palavras o quanto isso é uma imbecialidade, o quanto o povo brasileiro atrasado ainda aceita tamanha banalidade em suas vidas.
    É lamentável imaginar, que uma pessoa muitas vezes deixa de ajudar a quem realmente precisa e dá dinheiro para um bando de vagabundos e vagabundas, que não fazem absolutamente nada a mais do que levar desinformação, leviandade, baixaria e deturpar completamente os valores morais diante de um grande público.
    O Brasil por ser um país sem muita seriedade, infelizmente, ainda conta com um número muito grande de pessoas banais e esse tipo de “lavagem cerebral”, só faz com que a situação piore.
    A sociedade está completamente doente e o apoio a esse tipo de besteira só faz crescer humanos dementes, violentos, depravados, sem valor moral, achando que qualquer coisa pode, qualquer coisa é bonito fazer diante dos outros, sem pudor, sem respeito, sem educação.
    Lamento muito fazer parte de um país, onde a maioria já se perdeu em nome de uma mídia podre, vergonhosa, desrespeitosa.

    ANTONIO BARRETO,
    PARABÉNS PELA SUA CORAGEM, PELA SUA INTELIGÊNCIA E PELA SUA VISÃO DE REALIDADE.
    QUEM DERA, HOUVESSEM MAIS PESSOAS COM ESSE CARÁTER, QUE JUNTOS PUDESSEM TRANSFORMAR A NOSSA SOCIEDADE EM UM LUGAR DE HONRA, RESPEITO E MORALIDADE.

    Resposta
  • 24 de março de 2010 em 20:18
    Permalink

    Não se zangue seu Barreto
    Viva a liberdade de expressão
    Nesse mundo obsoleto
    Já não termos mais respeito
    Nos causa tal indignação
    Ainda mais quando o assunto
    É programa de televisão

    Nesse pais tão democrático
    Seu lamento é compreensível
    Mas somos parte da nação
    Que todos chamam de povão
    Seria muita hipocrisia
    Chamar de mau gosto ou baixaria
    Tal “alegria” em questão

    Somos escravos da cultura
    Onde o funk é ditadura
    Os professores falam errado
    Falar correto é engraçado
    As gírias estão no dicionário
    Vejo que não existe nenhum mal
    Gostarmos do Pedro Bial

    Um apresentador tão respeitado
    Não deveria ser confundido
    Com “enganador” ou “mal criado”
    Uma vez que o povo é culpado
    Pelo descaso na cultura
    Assistir ao Faustão e Silvio Santos
    Todo Domingo sim, é ditadura

    No mais, gosto é assim mesmo
    Cada um ter o seu é o normal
    Pode ser brega ou cafona
    O que assistimos da poltrona
    Ao meu ver você está é ofendido
    Por não ter sido um escolhido
    Com dor de cotovelo, você desconta no Bial.

    Fabiano Souza de Lima

    Resposta
  • 25 de fevereiro de 2010 em 13:48
    Permalink

    A Desciclopédia mandou bem na biografia do Pedro Bial. Lá pelas tantas diz:

    “Sempre que aparece no programa – ao vivo – interagindo com os acéfalos participantes e os tantos milhões de imbecis brasileiros que assistem àquela titica, lança mão de um cínico carisma maroto a fim de conquistar a simpatia de todos.

    Profissional que é, faz bem seu trabalho, cumprindo plenamente sua função. Como resultado, estabeleceu raízes naquele programa, tornando-se o apresentador honorário.

    Resultado da soma de uma nação iletrada com um projeto ganancioso da Globo para auferir lucros com anúncios voltados às classes Y e Z, o BBB tornou-se e estabeleceu-se como um rentável sucesso de público, e conseqüentemente, financeiro, por estas bandas tupiniquins.

    O maior sonho de todos os brasileiros hoje é um 0800 pra se tirar o mala do ar.”

    Tudo aqui (você pode também dar a sua contribuição intelectual… kkkk!):
    http://desciclo.pedia.ws/wiki/Pedro_Bial

    Resposta
  • 24 de fevereiro de 2010 em 13:51
    Permalink

    BBB é apenas mais um entretenimento, assim como o programa do Caldeirão do Huck, do Sílvio Santos, do Faustão. É pra dar risada, se distrair, chorar e por que não pensar?
    Não vejo pelo lado que é alienante, que atrofia a mente, que emburrece.
    Conheco pessoas que lêem Machado de Assis durante o dia e assiste BBB a noite. Qual o problema?
    Quem gosta de coisa séria vá assistir programa de jornalismo, entrevistas. Quem gosta de reality show que vá assistir. E dai?

    Resposta
    • 13 de janeiro de 2011 em 09:33
      Permalink

      BBB é entretenimento… pra gente burra.

      Resposta
      • 2 de fevereiro de 2011 em 18:43
        Permalink

        …O cara falou tudo. Ou seria BBB entretenimento pra burro feito gente?

        Resposta
  • 16 de fevereiro de 2010 em 18:40
    Permalink

    CARTA PARA O PEDRO BIAL

    Sr. Pedro Bial:

    Imagino que minhas palavras jamais chegarão ao seu conhecimento. Mas pouco importa. Escrevo por indignação e não por reconhecimento. Escrevo por ter minha humanidade subestimada pela mediocridade, pela falta total de valores e princípios. Escrevo por entender o quanto sua presença na tela da TV é irrelevante e inoportuna.

    O senhor não imagina ou não faz idéia do quanto ridícula é sua figura tentando convencer a audiência, da importância que o BBB representa para a vida de todos nós. Na verdade é mais um formato (reality show) que foi comprado e colocado goela abaixo em nosso povo. E o pior: o senhor é quem dá o último toque.

    É claro, que o senhor nada mais é do que um empregado da emissora, fazendo o que lhe é mandado. Mas isto não lhe exime, tamanho o seu requinte ante às câmeras. O senhor é deprimente. Repugnante.

    Fico pensando em seus anos gastos em escolas, universidades, para depois tornar-se um bufão. Tem gente que lhe considera um poeta. E eu pergunto: Como? Quem disse? Quem se animaria a ser poeta, onde não há poesia? Que poeta é este que mata a flor e nos condena à mesmice? Creio que bufão lhe cabe melhor.

    Sr. Pedro Bial, o senhor conduz um programa que em nada difere das rinhas de galos, cachorros, entre outras espalhadas pelos fundões deste país. O senhor conduz algo mais sórdido: rinha de gente. È empobrecedor, senhor Bial, para que no final o ganhador saia com uma soma em dinheiro. E diga-se de passagem, não se compara ao montante arrecadado em patrocínios e ligações telefônicas durante três meses de duração do programa.

    O senhor não contribui em nada com a sua gente. O senhor entorpece mentes e mente entorpecendo a realidade.

    Por fim, gostaria ainda de dizer-lhe, que acredito na mudança deste país, acredito em novos valores, acredito que o mundo possa mudar, que possamos almejar algo bem melhor que corpos sarados no horário nobre. O senhor não estará lá, com certeza.

    Como o senhor gosta muito de mandar gente para o “paredão”. Entendo esta palavra e o ato em sí como algo determinante e decisivo. Eu gostaria de mandá-lo para o “paredão”, no dia do triunfo final, no dia em que o povo ganhar as praças e as ruas, tomar os palácios e assumir as fábricas, ocupar a terra e produzir o pão. Com certeza, Sr. Pedro Bial, o senhor fará parte da primeira leva, a que irá sumariamente para o “paredão”. Para que assim tenhamos um mundo melhor.

    Pedro Munhoz

    http://www.pedromunhoz.mus.br
    pedromunhoz-ocantardeumtrovador.blogspot.com/

    PS: Eu não sou o Munhoz, apenas encontrei por acaso na web e quis compartilhar.

    Resposta
  • 15 de fevereiro de 2010 em 18:48
    Permalink

    Não existe nada mais idiota que esses programas feitos por espertinhos voltados para um público imbecil e idiota como esse nosso povinho brasileiro…

    Resposta
  • 14 de fevereiro de 2010 em 22:36
    Permalink

    Duras palavras, coitado do Pedro Bial….
    Coitados é dos traficantes, que trabalham e ganham por isso! Mas não chegam nem perto desta máquina de capital hiperfaturado diário.

    Resposta
  • 11 de fevereiro de 2010 em 12:01
    Permalink

    aeh silvio, a flavinha blokeoh o acesso ao perfil dela no netlog mas akela fotona bonita dela tah no twitter. dah p/ vc admirah os zoiaum da sua musa numa boa. peraeh… voh passa o link… vc fica me deveno essa meu camarada: http://twitter.com/fpissinin

    Resposta
  • 10 de fevereiro de 2010 em 21:36
    Permalink

    Gualtieri, prezada Flávia Pissinin. Silvio Gualtieri, ao seu dispor.

    Sei que não devo fazer desse espaço um “chat” (nem posso, porque a chefona não vai deixar) mas quero deixar aqui registrado que foi um prazer me envolver nesse rápido “imbroglio” com uma pessoa tão sintonizada com o espírito que sempre deveria prevalecer na rede: a netiqueta.

    Além de (permita-me o elogio sincero) muito bonita e fotogênica, diria que você também é LINDA no trato com os seus “desafetos” virtuais. Sem querer parecer dissimulado nesse particular, é por um tipo de comportamento semelhante que deveríamos todos lutar, para contribuir com a formação de um ambiente menos hostil e mais civilizado na web.

    Divergir não significa necessariamente perder a compostura, pelo contrário. Até na discordância momentânea aprendemos a respeitar e admirar os “oponentes”. Não tem que virar conflito nem guerra e muito menos baixaria.

    Acho que você, Flávia, é um exemplo a ser seguido. Sinceramente! Eu próprio ainda estou tentando, às vezes dou até umas escorregadas, pelo menos desde quando comecei a frequentar esse “cantinho da rede”, como define lá no topo a dona Nivia. E a quem também devo respeitar por nos conceder este espaço.

    Desta vez aprendi, melhorei mais um pouco. E, por isso, agradeço a você, Flávia. Minha admiração e reconhecimento. Fique na paz. Beijo também.

    Gualtieri, Sílvio

    PS: Perdôe-me pela indiscrição do Netlog… mas não resisti. rs.

    Resposta
  • 10 de fevereiro de 2010 em 20:04
    Permalink

    Olá, Sílvio!

    Eviesada é…. bem, manterei a educação e o polimento nas palavras como bem observou vc!

    O fato é, dizer o que pensamos requer coragem e isso eu tenho de sobra. Percebo que muitos como uma “Carolina”, que não colocou sobrenome, têm exatamente a mesma impressão que eu tive ao ler o texto do Antônio Barreto. Porém, poucos se manifestam. O texto é exagerado!!
    Essa “Carolina” disse objetivamente o que eu, em TPM, discursei um pouco mais. A-D-O-R-E-I o post dela! Parabéns, Carolina!

    Mas, contudo, admiro a sinceridade e vc arrazou na sua, Sílvio (do quê?). Amei o carinho, continuo fã do Bial e achando que qq um, até vc, faria o mesmo no lugar dele!!rs

    Agora… tinha mesmo que postar o link?!
    Obrigada! Nem me lembrava do netlog!rs

    Grande beijo,
    Flávia

    Resposta
  • 10 de fevereiro de 2010 em 19:20
    Permalink

    Olha, eu ia desmontar tintim por tintim a argumentação eviesada da nossa Flávia Pissinin, aí debaixo de mim… (do meu comentário, ô!).

    Escreve bem e é educada. Parabéns, isso é importante e legal de ver.

    Mas eu ia contar pra ela que desses 31 milhões de votos tem aqueles de pessoas (muitas!) que fazem mais de 50, 100 acessos ou telefonemas. Conheço muuuuitos casos de pessoas que ficam obcecadas com essas votações ou se organizam pra mobilizar colegas para isso. Então, de cara já podemos baixar isso aí pelo menos a 1/3, na melhor das hipóteses, o que convenhamos não é tanto assim em termos de audiência. Números em TV, como tudo aliás, são pura fantasia, vide os telejornais.

    Ia esclarecer à Flávia também que o Bial não é um empregado assalariado da Globo que fica lá cumprindo como um capacho ordens, nem puxando o saco do patrão. É pior que isso, é parte interessadíssima na jogada porque a “pessoa jurídica” dele é parceira e sócia no negócio. Ele embolsa muitos, mas muuuuitos milhões a cada edição dessa asneira. Com a capacidade e o prestígio que ele decerto tem, poderia (e deveria!) dar uma contribuição mais digna e decente à sociedade.

    Eu IA, como disse no início, pulverizar os argumentos da nossa educada Flávia Pissinin com outras informações. Só que…

    Só que eu caí na asneira de, antes disso, dar uma pesquisadinha no Google e fazer uma busca teclando “flavia pissinin”, para tentar saber a quem iria me dirigir. Pois bem, aí eu cai nesse link:

    http://pt.netlog.com/fpissinin

    Ufa!!!… Então retiro tudo o que disse… dãdãdãããã… O Bial é o máximo!!! O BBB tá com tudo em cima!!! Concordo com a Pissinin no que ela disser e ainda faço o que ela quiser…

    Quer casar comigo, Flávia? Tô implorando! Diz que aceita, pleeeeeeease!!!

    Resposta
  • 10 de fevereiro de 2010 em 18:21
    Permalink

    Ai, gente! Desculpem meu acesso de TPM mas, sinceramente, imbecil está o mundo por si só, a inversão de valores, a falta de educação e tantas outras “faltas” que não dependem de um programa de entretenimento como um BBB. Muito longe disso, pra não dizer, que o buraco tá muito mais embaixo disso!!!!
    Não sou telespectadora assídua, assisto às vezes, mas tem coisa pior na TV e que, infelizmente, chama a atenção das pessoas de uma forma assustadora. O BBB pode ser tudo isso que Antônio Barreto disse, mas 31 milhões de votos na noite de ontem, só reforçam a idéia de que os brasileiros estão cheios de tantos problemas, tantas matérias de violência e tristeza na TV, tanta apelação jornalística… sem contar as intermináveis tragédias, ou seja, tudo o que eles (nós, brasileiros) não podemos mudar, não podemos fazer nada pra exterminar.
    Dentro desse cenário, quando surge um programa que, no mínimo, reúne a família diante da TV, não seria privilégio de poucos?? Ou a galera discorda??
    E falar do Pedro Bial como se ele fosse um súdito tapado e alienado da Rede Globo é, no mínimo, falta de conhecimento dos meandros de uma emissora de TV. O Pedro é um empregado da emissora como qq outro, seja ator, artista, apresentador, seja lá o que for, mas, a se considerar o contexto e o intertexto, o Bial também é um vencedor pois ninguém acreditava no BBB ha 10 anos atrás e olha aí o sucesso!
    O Bial com certeza não está fazendo nada além do que eu, vcs e qq um faria se estivesse no ramo dele, dentro das possibilidades dele, dentro de uma emissora de TV.
    Mais uma vez peço desculpas pelos comentários, mas fico “p” (com o perdão da palavra) quando chega até mim, principalmente no trabalho, e-mails como esse, onde a arte é usada para meter o pau em quem está trabalhando, não importando aí se vc gosta, curte ou não o que a pessoa faz. Nem mesmo, se seria ou não o que vc faria no lugar dele. O Pedro Bial pode até estar cometendo algumas gafes diante da cobrança que sofre no bendito “ponto” para elevar magicamente o ibope em questão de segundos. Mas daí a desconsiderar seu carisma, talento e cultura (sim, porque o cara tem vivência e é culto) é alguma coisa que vulgarmente soaria dor-de-cotovelo ou qq outra coisa semelhante. Talvez as poesias de cordel sejam muitíssimo belas e inteligentes porém não teriam 31 milhões de votos numa noite onde um programa imbecil é líder de audiência, e uma audiência não só de imbecis, diga-se de passagem!!!

    Com respeito e liberdade de opinião,

    Flávia Pissinin

    Resposta
    • 25 de dezembro de 2010 em 18:16
      Permalink

      Realmente, a tv brasileira tem feito muito mal aos pseudosintelectuais. Defender o Bial nessa altura do campeonato me deixa bastante à vontade pra desconfiar que podará estar levando algum.

      Resposta
  • 10 de fevereiro de 2010 em 16:43
    Permalink

    Catado na mão grande mesmo, porém com muito respeito, do blog do Antonio Barreto. Foi comentado pelo Carlos Eduardo Siqueira Rocha:

    CORRESPONDÊNCIA COM O CORDEL

    Oh, Pedro Bial! senti tanta alegria
    É sinal de que mau-gosto aprecia
    É preguiçoso mental e adora baixaria.

    Sem critério e sem ética
    Em que a vaidade e a estética
    São imagens de uma bestial poética

    Nosso povo brasileiro
    São heróis verdadeiros
    São massacrados o dia inteiro

    Sem critério e sem ética
    Em que a vaidade e a estética
    São imagens de uma bestial poética

    A moral e a inteligência
    Só trazem uma enorme agonia
    Fria e dona de uma sangrenta patologia

    Sem critério e sem ética
    Em que a vaidade e a estética
    São imagens de uma bestial poética

    Se calam ao conceber
    Se calam ao mundo ver
    Brincam as crianças em tudo ter

    Sem critério e sem ética
    Em que a vaidade e a estética
    São imagens de uma bestial poética

    (Uma brincadeira de frases com o seu ilustre poema)

    http://verso-re-verso.blogspot.com/

    Resposta
  • 10 de fevereiro de 2010 em 00:05
    Permalink

    Não precisa ser intelectual para perceber que este programa é de péssima qualidade. Idealizado para corromper o pouco de hábito cultural que o brasil possui. E cerca de trinta milhões de imbecis com mentalidade de idiotas telefonaram para este programa. QUE PENA!
    Srs. pais cancelem a taxa de telefone fixo.

    Resposta
  • 9 de fevereiro de 2010 em 23:50
    Permalink

    A única coisa cultural relacionado ao BBB foi o cordel de Antonio Barreto.

    Resposta
  • 9 de fevereiro de 2010 em 20:28
    Permalink

    O aparelho de Tv no Brasil custa muito caro considerando a programação que nos oferecem.

    Resposta
  • 9 de fevereiro de 2010 em 16:11
    Permalink

    Muito interessante e inteligente, porém pessoas cansadas do seu dia a dia como “heróis”, talvez queiram apenas chegar em casa ligar a tv e assistir qualquer “merd*”, não precisam ser “educadas” 24 horas por dia.

    Acho essa moda de se virar contra reality shows muito chata, assiste quem quer. Não assisto, mas também nao assisto milhares de programas idiotas que tem por aí, mas que ninguém comenta nada pois nao são de “grandes corporações”, ou voces acham que só o sanduiche do Mc Donalds nao presta?

    “falo mêmo.”

    Resposta
  • 9 de fevereiro de 2010 em 11:17
    Permalink

    pôxa, é tão simples ! para vê algo cultural,
    basta pegar o controle e mudar de canal!
    até que rimou….

    Resposta
  • 8 de fevereiro de 2010 em 18:27
    Permalink

    A Televisão, no Brasil, é a arma que Satanás usa e dá risada.
    Deseduca, mostrar violência, maldade, morte e falsos milagres.

    Resposta
  • 7 de fevereiro de 2010 em 22:00
    Permalink

    Quanta hipocrisia! Então você liga a TV e quer ver somente CNN? TV é isso mesmo: notícias, entretenimento – o que inclui novelas, filmes, BBB, programas ruins, programas bons.
    Por que você não faz um texto criticando o Gugu e seu sensacionalismo? Ou o Silvio Santos jogando aviõezinhos de dinheiro pra umas pessoas desesperadas? O programa realmente não adiciona nada ao nosso intelecto, porém, que culpa tem o Bial? Ele é pago e comandado pra fazer o trabalho dele. E as pessoas que entram lá se submetem a isso. Achei o texto exagerado e hipócrita. Porém, essa é a sua opinião. Quis expressar a minha. :)

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2010 em 14:50
    Permalink

    parabens ao barreto e todos que divulgam essa poesia, pois é disso que o nosso povo precisa. continuem divulgando

    Resposta
  • 5 de fevereiro de 2010 em 22:56
    Permalink

    Nivia, ou eu muito me engano ou o VITAL JOFFILY que acabou de comentar aí é esta fera do violão que conheço do meio musical:

    [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=zaO1auT7GB0&hl=pt_BR&fs=1&rel=0&w=320&h=240]

    Como eu sempre digo, querida: você está cada vez mais bem frequentada neste belo cantinho da rede. Parabéns pela milésima vez a todos. Ma.Antonia

    Resposta da Nivia: Enviei ao Vital Joffily o seguinte email que, espero, não se importe que venha a público:

    “Grata pelo comentário equilibrado e lúcido que você postou no blog Cachaça Araci. A casa estará sempre de portas abertas para recebê-lo com satisfação.

    Nossa habitual e antenada comentarista Maria Antonia supõe que você possa ser Vital Joffily, o grande violonista. Seja apenas coincidência ou um homônimo, ela arriscou sugerir um vídeo do YouTube.

    Pelo sim, pelo não, ele foi postado junto ao seu comentário e deu um toque todo especial àquela página. Seja você quem for, obrigada mesmo assim pela oportunidade de mostrar a tanta gente uma performance tão inspirada desse artista.

    Um abraço e até a próxima.”

    Recebi a seguinte resposta (em 08/02):

    “Alô, prezada Nívia,
    Quem escreveu aquela nota apreciativa do trabalho do cordelista e o violonista (não tão grande assim) são mesmo a mesma pessoa: eu. Muito agradeço à Maria Antônia pela adjetivação positiva com que me agraciou. Por favor, faça chegar a ela o meu caloroso agradecimento.
    Grato pelas suas palavras elogiosas ao meu comentário.
    Fiquem com Deus,
    Vital Joffily”

    Resposta
  • 5 de fevereiro de 2010 em 22:25
    Permalink

    Desejo enviar os meus parabéns ao ANTÔNIO BARRETO pela sua forma poética de dizer a verdade sobre um programa que deveria receber a firme repulsa dos psicólogos e dos educadores sérios deste pobre País. É no mínimo curioso que a mesma emissora que ataca a corrupção política em seus noticiários seja a mesma que divulga e torna sensacional a depravação moral e sexual. E não só ela, pois o programa ‘Fazenda’ segue o mesmo estilo…
    Que Deus inspire outras tantas pessoas de talento como o BARRETO!
    Parabéns, também, para as pessoas que protestam contra essas ondas de degradação moral e abertamente divulgam o seu protesto!
    VITAL JOFFILY

    Resposta
  • 5 de fevereiro de 2010 em 21:42
    Permalink

    Concordo plenamente com as verdades do poema. Como diz aquele ditado: “o povo assiste aos programas que merece”… Então, bobo de quem dá ibope a essa porcariada.

    Resposta
  • 5 de fevereiro de 2010 em 12:53
    Permalink

    Concordo em “em algumas” coisas com os versos de Cordel sobre Pedro Bial.(mas ele estar fazendo o trabalho dele,e ganha para isso) no entanto a maior inspiração para a literatura de Cordel desse País sem dúvida ainda é o pior filme e a maior mentira contada nesse País “LULA O FILHO DO BRASIL” isso quer dizer que esse Glorioso PAIS só fazem homens mentirosos? vamos cordelistas desse BRASIL denunciar esse GRANDE MENTIRA em VERSOS? sem valar na outra grande Mentira que vem por aí:DILMA, A FILHA ……DO BRASIL?????

    Resposta
    • 3 de janeiro de 2012 em 06:31
      Permalink

      Só para esclarecer, o apresentador Bial não é empregado, ele é sócio do programa. Ganha milhões, por isso procura convencer os telespectadores de que estão diante de algo importante para suas vidas e participar é um grande negócio (pra ele, é claro).

      Resposta
  • 4 de fevereiro de 2010 em 20:43
    Permalink

    Olá amiga

    Recebi um e-mail com sua mensagem sobre este mar de vulgaridade da Globo BBB, parabéns a vc, que falou e combate estas bobeiras…adorei amiga

    MAGranemannJosé
    Joinville / SC

    Resposta
  • 4 de fevereiro de 2010 em 18:21
    Permalink

    Me deparei hoje com este cordel [por e-mail e depois por aqui]. E gostaria de PARABENIZAR e contribuir com algo que eu fiz a partir de um site de relacionamento, numa discussão sobre “bbb 10 e mediocridade dos brasileiros”, alguém havia comentado:

    “A Anamara foi indicada ontem ao paredão após atender ao Big Fone e hoje ganhou a prova do Anjo e ainda faturou um carro. Eu assisto BBB e daí?”

    Foi então que eu escrevi o que vem abaixo:

    E daí
    Daí nada.. e também, tudo.
    A tal da Anamara faturou um carro,
    e a globo, o dinheiro do público
    Para a “sister”, um paredão, um anjo e um carro,
    Após paredão, talvez para ela isso seja tudo.

    Ah, já para o público… [e a globo]
    ela é apenas mais uma no paredão
    e também, centavos na conta do telefone
    pagos com dinheiros suados
    Eles lá, suados, e sem trabalhar, voltam do paredão
    sabendo que possuem os seus centavos na mão!

    E daí

    Tudo isso é só diversão
    você sentado de frente para televisão
    Eles lá, de festas e bebidas de montão
    Em Brasília, despesa muita e bastante encenação
    E eu, em casa, em pleno sabadão!!

    E daí
    Se eu assisto BBB?
    Daí nada.. e também, tudo.
    Mas enfim,
    e daí

    [Diego Barreto – 30.01.2009]

    Resposta
  • 4 de fevereiro de 2010 em 17:03
    Permalink

    Barreto:
    Tudo certo a tua definição do BBB….
    Tudo certo a tua definição do Caetanaz….
    Agora elogiar um tal de Lula….
    Vá fazer parte do BBBB…. meu
    ….

    Resposta
  • 3 de fevereiro de 2010 em 09:36
    Permalink

    PS.

    Seu Blog é 10! Parabéns!

    Resposta
  • 1 de fevereiro de 2010 em 20:09
    Permalink

    Seu Cordel está mil,
    meu caro dotô bahiano,
    E com ele eu descobri,
    Que não quero ser imbecil,
    Eu não me engano,
    Me liguei e resolvi
    desligar o Big Brother Brasil.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2010 em 21:49
    Permalink

    Me dá raiva em que tenta justificar esse buraco negro, que é o Big Brother atacando os críticos desse programa, chamando-os de pseudo(intelectuais).
    Moda neo-neo-cult é assistir BBBosta.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2010 em 21:16
    Permalink

    Peço licença à Sra. para repetir aqui + ou – o comentário que fiz no outro post sobre o cordel do Caetano Veloso. Considero importante para uma melhor compreensão acerca do que é o Cordel.

    ALGUMAS pessoas (poucas, por felicidade) confundem as coisas e não conseguem captar o espírito da tradicional cordelança nordestina. Não há nada de pessoal nessas críticas rimadas.

    Vou ter que recorrer tb a uma citação. Se liga aí então na definição do que se trata:

    (Os cordelistas) “escrevem de maneira jocosa, mas por vezes retratam realidades desesperadoras. Uma outra característica é o uso de recursos textuais como o exagero, os mitos, as lendas, e atualmente o uso de ironia ou sarcasmo para fazer críticas sociais ou políticas. Usar uma imagem estereotipada como personagem também é muito comum, às vezes criticando a exclusão social e o preconceito, às vezes fazendo uso dos mesmos através do humor sarcástico. Além dos temas “engajados”, se assim podemos chamá-los, há também cordéis que falam de amor, relacionamentos pessoais, profissionais, cotidiano, personalidades públicas, empresas, cidades, regiões, etc.”

    Completo aqui: http://www.infoescola.com/literatura/literatura-de-cordel/

    Para estes poucos será que agora deu para entender ou ainda tem que desenhar?

    Muito obrigado Sra. Nívea e não me queira mal pela insistência e amolação. Só quero colaborar.
    Grato, Raul Poeta

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2010 em 15:04
    Permalink

    Faltou dizer que é no Blog de Ma Jivan Prabhuta …!…?…!…?…!…
    P-r-a-b… cacilds, tentei falar mas dei um nó na lingua…….

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2010 em 14:59
    Permalink

    O Antonio Mestre foi parar em alguma rede social em algum lugar d’além-Mar:

    (…) “esse tal de educador de Salvador da Bahia, António Barreto, é um cara bem conhecido aqui neste lugar fim de rota da Europa, e é conhecido como Português, Luso de gema, sociólogo, politico, comentador…sou eu que sou ignorante sobre a personagem, ou há uma nuance que desconheço na personalidade do educador?” (…)

    http://maresiaspoetasportugueses.ning.com/profiles/blogs/um-dos-maiores-cordelistas-da

    Coisa mais bacana, já atravessou o Atlântico e caiu na boca do povo. Que velocidade, hem? ZULU

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2010 em 12:36
    Permalink

    Se eu tivesse o poder de causar um blecaute nos horário nobre da globo.
    kkkkkkkkkkkkkk
    vc ia ver a m* que eu ia fazer

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2010 em 12:34
    Permalink

    Assim como eu quantos milhões de brasileiros ficam brigado com as mulheres em casa, pois é quando começa o big m* em casa eu não tenho paz, pois minha esposa tem uma cabeça de minhoca e tudo o que é futil na globo lhe chama a atenção, as vezes fica acordada até tarde pra assistir esta m*, ainda bem que ela não liga senão já tinha me separado, pois tudo no programa é comprado, só existe mulheres bonita, rapazes musculoso, lá dentro só entra quem eles querem. pedro bial não é idiota não, idiota é quem assiste e isso contando com minha esposa.
    cambada de imbecil.

    Resposta da Nivia: Ô meu Rey, peralá, trate sua “rainha” com mais consideração. E passeie bastante, vá a um local romântico à noite, faça umas caminhadas noturnas, assistam a uns DVDs nesses horários. Quebre essa rotina. Faça algo diferente e estimulante para libertá-la dessa “sedução” insidiosa.

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2010 em 11:29
    Permalink

    Caro Paulo (30/01/2010 às 0:02)

    Esse troço é vertiginoso, não é mesmo?
    Ganha dinâmica e vida próprias, caminha pelas próprias pernas e adquire consciência (virtual?). De repente o virtual e o real compartilham o mesmo momento.
    Tudo começa com uma sequência numérica (zeros e uns) e lá adiante, já amadurecida, começa a modelar uma nova consciência coletiva, uma massa crítica.
    Definitivamente, o mundo mudou.

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2010 em 09:21
    Permalink

    Parabéns pelo Cordel. Excelente! Graças a Deus ainda existem pessoas que acredita na família, no amor e no respeito. Espero que mais pessoas se unam para acabar com essa desmoralização que é esse BBB. A Rede Globo é a emissora que faz questão de destruir a família com este tipo de programa fútil e vil.

    Clara Assad – Educadora Esino Fundamental

    Resposta
  • 29 de janeiro de 2010 em 17:25
    Permalink

    entao olha esse comentario que fizeram na reportagem que a terezinha indicou……………

    Valdeck Almeida De Jesus (29/01/2010 – 14:30)

    Que legal… Estou no Forum Social Mundial Temático, com eventos de literatura na UNEB, dias 29 e 30 o dia inteiro… Barreto é meu amigo e estava recitando este lindo cordel… A plateia delirou quando ele terminou de declamar… Parabéns ao cordel baiano, que ganha o mundo…

    Resposta
  • 29 de janeiro de 2010 em 12:55
    Permalink

    Sensacional o cordel do Antônio! Genialidade esboçada em versos bem escritos e, sobretudo, verdadeiros.

    Mesmo meu blog sendo de comédia nonsense, não pude deixar de publicar esse belo cordel.

    O cordel feito para o imbecil do Caetano Veloso, que chamou um dos homens mais inteligentes do país de burro, o nosso querido Lula, também merece destaque!

    Grande abraço!

    http://iteracaodainteracao.blogspot.com/

    Resposta
  • 28 de janeiro de 2010 em 21:02
    Permalink

    Ói eu di novo agoraqui. Prometeu tem que cumpri, dona moça… tô só esperano ocê ponhá a toadinha do Tonho qui nóis qué ouvi. Vô ficá te pertubando inté ocê num guentá mais. Tô avisano…

    Resposta da Nivia: Calminha aí, seu moço. Antes tenho que tirar a letra da canção enquanto preparo outro post para não embolar na Inicial com o vídeo do filme Oceanos, ok?

    Resposta
  • 28 de janeiro de 2010 em 14:10
    Permalink

    Que coincidencia ! Recebi um e – mail do Cordel do Caetano que me trouxe a seu blogue (que gostei muito). Nem tinha acabado de olha chegou mais um. Só que era de outra pessoa que me trouxe a esse Cordel do Big Brothre. Vai ve fizeram uma corrente cordelistica para abraça esse país.

    Resposta
  • 28 de janeiro de 2010 em 11:19
    Permalink

     
    Caro(a) “Pensebem”, boa analogia!

    Poderíamos estender isso para:

    “Diga-me onde tua opinião é publicada
    e eu direi quem és.”

    []’s

     

    Resposta
  • 28 de janeiro de 2010 em 11:08
    Permalink

    dei valor a esse cabra
    cumpriu bem o seu papel
    esse sim, é um herói
    da maneira mais fiel
    confortou o coração
    da nossa grande nação
    com seu bonito cordel

    Resposta
  • 28 de janeiro de 2010 em 01:16
    Permalink

    “Diga-me com quem andas, que eu direi quem tu és”.

    Esse ditado de Jesus, agora modernizado, se torna:

    “Diga-me o que assistes, que eu direi quem tu és”…

    Sem mais,
    Pensebem

    Resposta
  • 27 de janeiro de 2010 em 18:06
    Permalink

    Sra. Nívea. Boa tarde.

    Reproduzimos tambem aqui a mensagen que escrevemos hoje em A Voz do Cordel do grande artista baiano Antônio Barreto que aprendemos a adimirar muito com seus versos:

    Chegamos até o Sr. através desse comentário num outro blogue. Eu e minha amada concordamos tanto, mas tanto, tanto, que decidimos homenagear o poeta popular repetindo aqui um pedacinho que nos tocou:

    “A qualidade (do seu Cordel) é inegável, a crítica é incontestável, e a profundeza é admirável. O ser humano é tão surpreendente e ao mesmo tempo tão cego que muitas vezes não conseguimos enxergar o talento e a sabedoria que existe por trás de pessoas simples como esse poeta, e tantos outros que vivem nas cidades do Nordeste e do Brasil. O conhecimento não é algo legado aos cultos mas a todos que o procuram. Milhares de artistas possuem palavras e rimas muitas vezes mais profundas do que filósofos históricos. E essa é a característica do Cordel, utilizar a linguagem popular, muitas vezes desprezada pelos “cultos” para criar verdadeiras obras literárias, e ainda inserir um contexto altamente reflexivo em suas estrofes.” (continua)

    Tem muito mais aqui se o Sr. quiser ver:
    http://oiluminador.blogspot.com/2010/01/cordel-o-encontro-da-musica-com.html

    Um abraço, com nossa admiração.

    Jamil e Maria Flor

    Resposta
  • 26 de janeiro de 2010 em 15:44
    Permalink

    Comentarios verdadeiros, atraves da poesia edificada!

    Resposta
  • 26 de janeiro de 2010 em 15:43
    Permalink

    Boa tarde gente da mente sã!

    É terrivel só em saber q este programa banal esta no ar; nunca assisti nem sei as pessoas que estão nesta midia baixa, envolvidas nesta pobreza, de espirito e na riqueza da ganancia. São pessoas induzidas a riqueza material e assim o ser humano fica fora. Formam uma arena e ficam dentre eles buscando um ser o rolo compressor, demolir todos não importa a forma.

    meu caro amigo Barreto, seus cordeis são o maximo mas esse superou.

    meu caro Barreto estamos programando uma festa popular para o mês de abril. Sua ausência e de Fredson Costa é imperdoavel.

    valeu cabloco do meu sertão ora verde ora seco, mas sobrevivemos nele e por ele.

    abraço a toda essa galera boa!

    Resposta da Nivia: Recebi por email a seguinte mensagem do Antonio Barreto:

    Caríssimo Romário

    Estou aguardando a sua “intimação” para realizarmos esse trabalho cordelístico em Candeal e Coité, que são cidades vizinhas e bem parecidas com a minha querida Santa Bárbara ! Saiba que, acima de tudo, somos um FORTE !

    Abração do amigo de sempre,

    Antonio Barreto

    Resposta
  • 25 de janeiro de 2010 em 06:49
    Permalink

    Quero parabenizar o professor Sr. Antonio Barreto pelo o que ele escreveu sobre Big Brother. Eu moro na Australia e aqui este programa nao tem nenhuma audiencia, e e muito criticado este programa. Tenho esperanca que um dia o povo brasileiro aprenda valorizar mais a sua propria vida escolhendo o que e melhor para si… nao podemos perder tempo com coisas banais que nao vao nos acrescentar nada. A vida e uma so e muita curta e temos que estar sempre aprendendo coisas construtivas…
    Muito Obrigada Poeta Sr. Antonio Barreto.

    Resposta
  • 22 de janeiro de 2010 em 11:58
    Permalink

    Estão de parabéns!
    A arte só é manifestada quando sai do coração e se identifica com os sentimentos da maioria.
    Acertaram em cheio, porque qualquer brasileiro dotado de bom senso não consegue suportar esse programa que depõe contra todos os verdadeiros valores do nosso povo que luta para dignificar o Brasil e jamais desmerecê-lo perante as outras nações. Lamentável o que a Globo está fazendo. Muito triste mesmo.

    Teresinha

    Resposta
  • 21 de janeiro de 2010 em 11:44
    Permalink

    Já tô imaginando até o que esse cabloco feroz aí do retrato vai aprontar prá cima do zé pedágio más adelante qdo a campanha presidencial esquentar. Se depender do know how do El Alagón em SP, o sertão vai virar mar, nem precisa do PAC da transposição….

    Resposta
  • 21 de janeiro de 2010 em 09:49
    Permalink

    Resposta ao JR-SP: Não é mole não! É o Zé Pedágio-Alagão, firme e forte, em ação!

    Resposta
  • 21 de janeiro de 2010 em 01:09
    Permalink

    Para quem precisa viajar pelo estado de São Paulo a serviço ou passeio, prepare o bolso:
    “Verificando no site da http://www.artesp.sp.gov.br veja se é roubo ou assalto.
    Pelo mapa consta 3.534,233 km de estradas paulista com pedágios.
    Pelo site http://www.e-pedagio.com.br/seguro/rodovias.htm são 98 praças de pedágio.
    Dividindo 3.534,233 km por 98 dá na média uma praça a cada 36 km.
    Ou se preferir, pelo site da ARTESP se considerarmos que em cada praça você paga ida e volta e, algumas poucas só num sentido, temos 219 postos de arrecadação:
    Dividindo 3.534,233 por 219 dá na média uma arrecadação a cada 16 km.”
    É mole !!!

    Resposta
  • 20 de janeiro de 2010 em 21:26
    Permalink

    Além dessa arma cordelística poderosa lembro que existe o “Movimento Ética na TV – Quem Financia a Baixaria é contra a Cidadania!”.Para denúncias é só entrar no site e teclar todos os abusos lá:
    http://www.eticanatv.org.br/
    Temos que encaixar constantemnte a praga do BBB lá,além de copiar o cordel do Antonio Barreto p espalhar por outros blogues e redes sociais.Essas podem ser maneiras eficaz de combater o bom combate.

    Resposta
  • 20 de janeiro de 2010 em 16:17
    Permalink

    Antônio Carlos Barreto, meu grande companheiro da arte popular, disse tudo que eu queria falar…!!!
    Assim sendo, vamos dá as mãos e defender o bem, combatendo o mal da turma do Bial.
    A educação merece e a sociedade sensibilizada / conscientizada agradece!!!

    Resposta
  • 20 de janeiro de 2010 em 13:40
    Permalink

    Olá,

    É com muita satisfação que parabenizo o trabalho deste cordelista, sua análise sociológica é fantástica, tratando da alienação e ideologia. O efeito midiático alienador, rompendo com a Educação, banalizando a Cultura, um elenco de besteirol. Salve, salve, sua aguçada memória, para bradar contra tanta hipocrisia alienante e massificadora. Viva o cordel, boa vertente cultural. Abraço. Educadora e Socióloga Rita Paixão.

    Resposta
  • 20 de janeiro de 2010 em 00:17
    Permalink

    Vou apenas repetir o que manifestei no blog do Migliaccio (JB), acerca do assunto BBB:

    Ô, Nivia, que bom divulgar essas coisas lindas do nosso imenso Brasil. Fui lá, li e já esparramei por aí. O que mais impressiona é que a linguagem não fere, não ataca, mas põe o dedo na ferida e, para bom entendedor, meio cordel basta. Haja educação para um Brasil, nem tanto varonil, nem tanto feminil, mas sobretudo pueril! (Marino/Curitiba)

    Resposta da Nivia: O Antônio Barreto merece mesmo essa divulgação forte. Ele é ao mesmo tempo angustiado, inspirado e comprometido até a medula com a questão educacional.

    Resposta
  • 20 de janeiro de 2010 em 00:16
    Permalink

    Olá Nivia,

    Li seu comentário no blog do Nassif e gostaria de esclarecer que não alterei a forma nem o texto do cordel.

    As estrofes estão com os mesmos números de linhas e com os mesmos versos.

    Ocorre que quando o texto saiu no blog do Nassif apareceu alinhado à esquerda e não centralizado como está neste seu blog.

    Os espaços entre as estrofes também ficou mais reduzido do que neste seu blog mas percebe-se claramente o final de uma estrofe e o início da seguinte.

    Não sabia que você havia enviado o cordel também.

    Acho que o importante foi que o cordel ficou bem divulgado e suscitou vários debates.

    Gostei de conhecer este seu blog e inclui nos meus favoritos.

    Um abraço.

    Resposta da Nivia: Imaginei depois que poderia ter ocorrido algo assim, Rivaldo. Depois que a gente aperta o “Enter” na caixinha de comentário, já era, não tem mais como corrigir. Mas como disse lá no Nassif, o mais importante de tudo é que, se eu levantei a bola de um lado, você cortou do outro, furando o bloqueio adversário (rsrsrs). Ah, e graças a você acabei de cair na rede do Protógenes. Obrigada.

    Resposta
  • 19 de janeiro de 2010 em 18:04
    Permalink

    ontem ou antiontem um troglodita sarado e todo tatuado da casa fez o comentário dele mais inteligente ateh agora: por falta de recheio ia fazer um sanduich de pao com pao. os brothers si espantaram e perguntaram como eh que era isso. e ele: eh uma lasca em cima, uma embaixo e outra lasca no meio. ele gargalhou com a sacada gennial e os outros brothers riram a valer diante daquela sumidade. troquei de canal correndu antes de entra numa depree.

    Resposta
  • 19 de janeiro de 2010 em 17:13
    Permalink

    Pensei que era a única a não suportar esse programa, mas somos muitos. Que bom.

    Resposta
  • 19 de janeiro de 2010 em 10:45
    Permalink

    Pôw, Nívea, o tal de Rivaldo/Salvador bagunçou todo o coreto do jeito que ele mandou o cordel pro Luis nassif. Ficou horrivel, muito feio e confuso. Notando bem você tem razão quanto a esse negocio de estrofes de sete versos, fica tudo organisadinho. Um abração.

    Resposta da Nivia: E tem mais, Tri, se você reparar com atenção vai perceber que o Antonio Barreto usa uma técnica muito bacana nesse cordel: em todas as septilhas (ou setenas) o 1° e 3° versos são sempre livres enquanto as rimas ocorrem em dois grupos, no 2°, 4° e 7° versos, assim como no 5° e 6°. Confere lá, não é lindo?

    Resposta
  • 19 de janeiro de 2010 em 01:43
    Permalink

    CANCELAMENTO DE TAXA TELEFÔNICA
    Gente, isso é sério!
    Quando se trata do interesse da população, nada é divulgado..
    Ligue 0800-619619 nas opções vai digitando 1. Diga que é para votar a favor do cancelamento da taxa de telefone fixo. O Projeto de Lei é o de nº 5476 este projeto está tramitando na ‘COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR’ na Câmara. Eles não sabem até quando vai à votação.
    INTERESSE DE TODOS: cancelar a taxa do telefone. Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm interesse e não estão preocupados com isso. Então temos de correr atrás, afinal quem paga somos nós!
    O telefone a ser discado (0800-619619, de segunda à sexta-feira das 8 h às 20h) é da Câmara dos Deputados Federais. Passe para frente esta mensagem para o maior número possível de conhecidos e amigos. Não pague mais assinatura telefone fixo.
    Vamos divulgar!!
    MUDA BRASIL. DIVULGUE ! ! ! ………

    Resposta
  • 19 de janeiro de 2010 em 00:28
    Permalink

    Oi Nivia, você viu que o Nassif publicou esse cordel por sugestão do internauta Rivaldo, de Salvador?

    Aqui: http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/01/18/o-melo-do-bbb/comment-page-2/#comment-916190

    Só achei uma pena que ele saiu feito uma tripa comprida, todo desformatado. Embaralhou para ler.

    Resposta da Nivia: Obrigada pela deixa, Paulo. Acabei de ir lá no LN e comentei que este cordel é composto de 25 SEPTILHAS (estrofes com 7 versos). Mas o importante é que foi publicado e o conteúdo se dissemina mais rápido pela rede.

    Resposta
  • 18 de janeiro de 2010 em 23:36
    Permalink

    O xará é bom de cordel.

    E esse do Bigdroga ele se superou!

    Resposta
  • 18 de janeiro de 2010 em 21:33
    Permalink

    Tadeu, eu diria mais:

    Isso é mais que um cordel,
    É um cordel com aço,
    É um CORDELAÇO!!!

    * antigamentente tinha uma propaganda assim, de pneu. rausrausraus!!!

    Resposta
  • 18 de janeiro de 2010 em 20:24
    Permalink

    Aí, show de bola, disse tudo, esse cara é fera!!!! Parabéns!!!!

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2010 em 16:29
    Permalink

    BBB*

    (…) Gente numa confortável redução
    de uma floresta humana.
    Caçando o milhão.
    O que empobrece e transforma
    a vida em submissão.

    Um show de onipotência infantil.
    Sensibilidade estudada.
    O falso absoluto (?)
    Imitação alucinante teatralizada.
    Para lucrar.

    Seres exilados copiando humildade.
    Clausura carnavalizada
    de toda interpretação do tédio.
    Convertida a humanidade
    em zoológico. Profissionais da angústia (?),
    Faustos miseráveis
    vendendo intimidades. (…)

    * Versos livres de Ronaldo Franco (que achei na Net)

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2010 em 11:37
    Permalink

    Vocês todos estão de parabéns… o cordelista, a blogueira e os comentaristas. Não conhecia aqui e gostei muito do nivel de todos. Vou espalhar na minhas redes. Sucessuuuu!!!!!!!!!!!!

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2010 em 11:04
    Permalink

    O cabra Antônio é dos meus. Salve mestre!

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2010 em 09:53
    Permalink

    Para ficar mais perfeito ainda, se isso fosse possivel, só faltou o artista dar uma cacetada no diretor do programa, o Boninho. Aquele que na vida real se diverte jogando ovos podres nos INCAUTOS que passam debaixo da varanda do seu apto. Na TV é essa podridão que ele taca na cara dos INCULTOS que se dispõem a sintonizar o BBB.

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2010 em 08:21
    Permalink

    Sobre o programa: não vi e não gostei………….
    Sobre o cordel: concordei, copiei e repassei !!!

    Resposta
  • 17 de janeiro de 2010 em 00:48
    Permalink

    muito boa essa dica da manipulacao que o amigo paulo passou.
    “dirigir-se ao público como crianças de baixa idade” me deixou chocada. que cara de pau.
    adorei o cordel.

    Resposta
  • 16 de janeiro de 2010 em 20:51
    Permalink

    Obrigada Nivia, obrigada Antônio, por nos brindarem com mais esta pérola em linguagem ao mesmo tempo sofisticada e suficientemente clara para todas as pessoas entenderem. Vou levar esse cordel para a sala de aula assim que o ano letivo começar. Ótimo antídoto para neutralizar um pouco a ação nefasta de gente desclassificada sobre a formação dos nossos jovens. Parabéns. Ju.

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: