Copa do Mundo: Deus ainda é brasileiro ou virou a casaca?



Já houve um tempo em que se dizia que a nossa publicidade era uma das melhores do mundo. Tal e qual a seleção brasileira de futebol ganhávamos inúmeras disputas em competições internacionais. Encantávamos a todos com a nossa graça e criatividade.

Só que de uns tempos para cá a qualidade da produção das nossas agências despencou de ponta cabeça, na mesma proporção em que a programação televisiva passou por um profundo processo de imbecilização e a tratar todos os telespectadores como idiotas.

A ponto de não sermos mais capazes de alcançar a maestria que os hermanos argentinos demonstram para a Copa de 2010 com este comercial da cerveja Quilmes. Se dependesse apenas disto, gostemos ou não, eles já seriam campeões mundiais por antecipação.

Resta então torcer com vontade para que o “deus do futebol” esteja apenas pregando uma peça e não tenha simplesmente virado a casaca.

9 comentários em “Copa do Mundo: Deus ainda é brasileiro ou virou a casaca?

  • 25 de maio de 2010 em 22:06
    Permalink

    Fácil de entender o que Deus fala. Parece feito de propósito para repercutir no Brasil. Conseguiram, méritos para los hermanos.

    Resposta
  • 25 de maio de 2010 em 21:21
    Permalink

    Lá eles botam fé na coisa. Aqui… REBOLATION

    Resposta
  • 25 de maio de 2010 em 20:32
    Permalink

    Tem que admitir que os caras sabem vender cerveja com emoção. Super-bacana.

    Resposta
  • 25 de maio de 2010 em 19:58
    Permalink

    Achei simplismente uma maravilha que chega a emocionar o video. Ate agora só vi aqui propgadandas com gente fazendo gracinha, uns troços meio besta. É só caras e bocas, nada demais no conteudo. Cheguei a ficar com inveja da creatividade dos hermanos.

    Resposta
  • 25 de maio de 2010 em 18:07
    Permalink

    Podem ficar tranquilos porque apesar da ajudinha da “mão de Deus” naquele gol do Maradona, o Todo-Poderoso ainda “veste” mesmo é a “canarinho” por baixo da “azul e branco”.
    Esse “poder temporal” dos marketeiros é só pra botar uma pilha neles e deixar a Copa mais animada. Que vegan… pues no passarán!!! rsrs

    Resposta
  • 25 de maio de 2010 em 16:49
    Permalink

    Um barato, tanto esse novo como o que o Leo recomenda. Vai num crescendo de arrepiar, até o narrador perder o fôlego. O slogan final – “Quilmes, do lado do coração” – é gênio! E, vamos combinar, CORAZÓN é o que não falta aos nossos tradicionais adversários das batalhas campais, mas importantes companheiros de Mercosul e integração sul-americana.

    Resposta
  • 25 de maio de 2010 em 15:56
    Permalink

    A tradição da Quilmes de fazer este tipo de publicidade já é de copas e copas..
    veja este tb:
    [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Vg5FUNA3wog&hl=pt_BR&fs=1&rel=0&w=320&h=240]

    Resposta
  • 25 de maio de 2010 em 15:22
    Permalink

    “Rezem! Peçam! Prometam!”
    É vero, foram na FÉ, que é uma das características marcantes da cultura católica argentina. E na fé de todo torcedor de futebol em geral, o imponderável que os une.
    Show! Muito bem feito.

    Resposta
  • 25 de maio de 2010 em 14:16
    Permalink

    Putz, pegaram na veia com esse anúncio. Altíssimo nível, vai mesmo no fundo da alma nacional. Enquanto isso, aqui só papagaiada.

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: