Como saber se estou em conexão com dimensões superiores?

CARACTERÍSTICAS DAS PESSOAS SENSITIVAS

Características de pessoas sensitivas

O momento atual no planeta é muito difícil para os sensitivos. Mesmo nas redes sociais, são bastante intensas e predominantes as emoções negativas emanadas pelo campo psíquico humano.

A atual onda fundamentalista de intolerância, conservadorismo e desrespeito à diversidade te causa algum desconforto? Então conheça as 22 características mais comuns de pessoas sensitivas:

1. Sabedoria nata: Pessoas com capacidade sensitiva sabem de muitas coisas, sem necessariamente terem aprendido. É um conhecimento intuitivo de quem já possui conexão com dimensões superiores.

2. Não se sentem bem em locais muito tumultuados: Lugares com aglomerações onde há uma grande quantidade de pessoas ao redor contaminam o sensitivo com as emoções turbulentas vindas de outras pessoas – e isso pode perturbar o seu campo psíquico.

3. Sentir as emoções e tomá-las como suas: É como um para-raios. Alguns vão sentir emoções vindas daqueles que estão próximos e outros poderão absorver emoções de pessoas muito longe. Não existe distância (espaço/tempo), principalmente se estiver bem sintonizado. Pode captar por sensações, visões ou sonhos.

4. Cenas ou notícias chocantes tornam-se quase insuportáveis: Quanto mais sintonizado, um sensitivo poderá absorver para si os problemas dos outros, mesmo que não sejam de pessoas próximas. Em alguns casos, o indicado é que evite ouvir, ver notícias e fatos trágicos, negativos.

5. Consegue perceber a personalidade do outro: Quando alguém está mentindo, é dissimulado, tem caráter duvidoso, o sensitivo percebe diretamente ou sente algo “estranho”. Percebe quando o que está sendo falado não bate com o aquilo que está se apresentando.

6. Capta o que o outro está sentindo (até fisicamente): Um sensitivo pode desenvolver as doenças de outra pessoa – dores no corpo, na cabeça, nas costas, infecções e alergias – especialmente daqueles que são mais próximos.

7. Percebe a tristeza e o sofrimento nos outros: Qualquer um que emana sofrimento, dores emocionais ou sofre injustiças provoca a compaixão de um sensitivo.

8. Pessoas problemáticas ou vampirescas descarregam os seus problemas no sensitivo: Ele pode se tornar uma “lixeira” para os problemas destas pessoas que se apresentam como vítimas. Isso deve ser evitado, pois afetam diretamente o sensitivo psíquica e fisicamente.

9. Cansaço constante: Os sensitivos muitas vezes ficam sem energia, seja de vampiros de energia ou apenas captando em demasia a energia dos outros. Muitos diagnósticos físicos não descobrem a causa real, que pode ser uma somatização energética.

10. Podem ser levados a vícios: Alcoolismo, drogas, sexo. Tudo como fuga para não encarar as suas situações emocionais, suas e dos outros. É uma forma de autoproteção. Pode não se tornar um vício, mas hábitos regulares.

11. Atração para a cura, terapias holísticas, metafísicas: Qualquer coisa que tenha uma natureza sutil é de interesse para os sensitivos. Mesmo que a maioria das pessoas acredite nas coisas mais comuns, o sensitivo sente o conhecimento metafísico como uma realidade.

12. Criatividade: Um sensitivo possui capacidade criativa, podendo ser expressa pela palavra, escrita, arte ou qualquer outra forma de expressão.

13. Amor pela natureza: Estar ao ar livre e em contato com a natureza são uma necessidade para os sensitivos. Perceber o mundo animal é uma parte comum da sua vida. Pode até não tê-los, por acreditar que devam ser livres, mas têm grande carinho e proteção pelas espécies.

14. Necessidade de solidão e isolamento: Um sensitivo precisa de muitos momentos de silêncio. Ficar sozinho para refletir sobre si mesmo. Isto é ainda muito evidente em crianças sensitivas.

15. Tédio com trabalhos rotineiros: Precisam ser estimulados para as tarefas rotineiras, pois se dispersam facilmente.

16. Dificuldade em fazer coisas de que não gostam: Muitos sensitivos podem ser vistos como “preguiçosos” por serem avessos a fazer algo que não sentem afinidade. Precisam despertar o interesse por um propósito maior.

17. Busca da verdade: Qualquer coisa que ele perceba não ser justa, imediatamente o incomoda muito. Tem a necessidade de buscar o que é justo.

18. Sede de conhecimento: Perguntas sem respostas podem ser frustrantes para um sensitivo. Ele vai procurar sempre encontrar uma explicação. Essa necessidade de respostas pode trazer a sobrecarga de informações.

19. Gostam de liberdade: O sensitivo precisa se sentir livre.

20. Sonhar com os olhos abertos: Um sensitivo gosta de refletir por muito tempo no seu mundo interno, ficando neste estado para avaliar uma situação ou sentir um estado de felicidade.

21. Excelente ouvinte: O sensitivo é um excelente ouvinte. Ele gosta de conhecer e aprender com os outros.

22. Às vezes pode parecer mal-humorado, tímido, indiferente: Dependendo de como um sensitivo sente, isso poderá influenciar como ele se apresentará. Pode ser propenso à oscilação de humor e, se captar mais energias negativas, parecerá insociável e até antipático. Um sensitivo tem muita dificuldade de se fingir de feliz quando está triste.

Se você se identifica com a maioria dos tópicos acima, então, certamente, você é uma pessoa sensitiva.

Com Códigos do Destino – clique na ilustração para ver o original.

Deixe um comentário interessante neste artigo: