Como fazer placas de endereço com números de parafusos

NUMERAÇÃO RÚSTICA EM RELEVO NA TÁBUA

Algarismos em alto-relevo

Placas de endereço com a numeração em alto-relevo a partir de parafusos podem ser uma solução estética interessante para residências em áreas rurais ou chalés rústicos em zonas montanhosas.

É super fácil fazer, enroscando diretamente na parede, cerca da casa ou numa tábua avulsa de madeira. Primeiro tem que escolher um modelo de número bacana e imprimir o molde no papel.

Placa de endereço

No desenho devem estar alinhados os diâmetros da cabeça do parafuso com uma marca no centro de cada círculo. Ela servirá de guia para martelar os furos na posição exata de cada componente.

Daí em diante é só colocar a chave de fenda em ação. Como o inox é muito caro, pode-se optar por alternativas mais econômicas: parafusos comuns de aço com oxidação negra, pregos ou cravos.

Placa de endereço

Placa de endereço

Placa de endereço com parafusos

Placa de endereço

Placa de endereço

Clique nos links sublinhados para saber mais. Visto na TL do nosso amigo Roberto Simão.

5 comentários em “Como fazer placas de endereço com números de parafusos

  • 25 de maio de 2018 em 22:07
    Permalink

    Como Fasso para ter o molde dos números preciso do 386 ? Existe algum programa pra isso? Desde já muito obri6

    Resposta
    • 26 de maio de 2018 em 09:54
      Permalink

      Oi, Ana.
      Você pode fazer o desenho dos seus números numa folha de papel e depois preenchê-los com pequenos círculos simbolizando as cabeças dos parafusos.
      Depois prenda o papel na parede ou muro e marque os centros dos círculos com um prego ou ferro pontudo.

      Você pode usar também qualquer programa de computador que faça desenhos, até mesmo online, pra ficar tudo bem alinhado.
      O CorelDRAW, por exemplo, é muito bom nisso.

      Boa sorte!

      Resposta
  • 6 de agosto de 2015 em 07:16
    Permalink

    Muito obrigado por esse post! Muito legal! Vocês fazem a coisa certa com a internet, ajudando outras pessoas a se inspirarem e ensinando. Parabéns!

    Resposta
    • 6 de agosto de 2015 em 09:34
      Permalink

      A maioria é competitiva, Johny, já a nossa proposta é colaborativa. Bom que você percebeu. Gratos pela sua atenção.

      Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: