Cinzas de José Saramago descansam aos pés de oliveira centenária

Cartum - escritor português José Saramago

HOMENAGEM

A Cachaça da Happy Hour

As cinzas do escritor português José Saramago foram depositadas neste sábado, 18, aos pés de uma oliveira centenária, trazida de sua aldeia natal, Azinhaga do Ribatejo, e transplantada numa praça de Lisboa durante homenagem pelo primeiro aniversário de sua morte.

Os restos do Prêmio Nobel de Literatura 1998, falecido na ilha espanhola de Lanzarote aos 87 anos, descansarão em frente à “Casa dos Bicos”, sede da Fundação José Saramago, que abrirá suas portas em novembro, na praça lisboeta Campo das Cebolas, às margens do rio Tejo.

Na presença de sua viúva e tradutora, a espanhola Pilar del Río, numerosas personalidades do mundo da cultura e da política, assim como admiradores, participaram da cerimônia concluída com homenagens ao autor de “O Evangelho segundo Jesus Cristo” e “Ensaio sobre a cegueira”, entre tantos livros.

Completo aqui, com caricatura de Zé Oliveira.

* * *

Blog da Nívia de Oliveira Castro

Deixe um comentário interessante neste artigo: