Brasil torna-se protagonista em vendas online no mundo

Crescimento das vendas online no Brasil

SEM DAR CHANCE À CRISE

O Chefe de Redação

O comércio eletrônico brasileiro cresceu 21% em 2011 e chegou a R$ 21,5 bilhões. O volume representou 2,2% das vendas online mundiais, de acordo com dados da consultoria Forrester Research.

No ano passado, o comércio eletrônico global totalizou R$ 805,5 bilhões (US$ 450 bilhões), impulsionado principalmente pelos Estados Unidos e por países da Europa Ocidental.

Com a crise nos países desenvolvidos, a expectativa é que a participação brasileira passe para cerca de 3% do comércio eletrônico mundial – ou R$ 39,3 bilhões de R$ 1,25 trilhão – nos próximos três anos, segundo a consultoria.

Apesar de o número parecer pouco expressivo, principalmente ante os 22% que devem ser conquistados pela China – com R$ 285,3 bilhões -, o Brasil é considerado um dos candidatos a protagonistas das vendas online mundiais.

Isso porque registrará expansão do alcance do número de consumidores online e diversificação dos produtos comercializados, além de grupos internacionais que passarão a operar no mercado e devem impulsionar o setor.

Fonte

Deixe um comentário interessante neste artigo: