Bicicletas elétricas OtoR com visual retrô das motos centenárias

BIKE NOVA PARA PILOTAR EM ESTILO ANTIGO

Quando você compra um veículo igual ao de todo mundo, de uma grande marca, paga o dobro do preço que ele vale em insumos e na montagem por robôs em alta escala. Em quatro anos, com o prazo de validade vencido, perde metade do valor na revenda. Acrescente ao prejuízo os juros do financiamento.

Mas quando você adquire um veículo diferenciado, de uma pequena empresa, investe o valor justo em materiais de qualidade quase todos feitos artesanalmente, à mão. Você não vai querer se desfazer dele nunca, a não ser que receba uma proposta indecente, irrecusável, com uma larga margem de lucro.

Bike OTO com motor elétrico

A mesma lógica que vale para automóveis e motocicletas pode ser aplicada às bicicletas de luxo. No caso, esta OtoR elétrica desenvolvida por uma empresa catalã em alumínio – o peso total é de apenas 23 quilos, sendo capaz de atingir a velocidade de 65 quilômetros por hora. (Detalhes técnicos aqui)

Mas o grande barato da bike é o visual das motos antigas, centenárias, com baterias embutidas num falso tanque de combustível. Pela distância maior entre os eixos das rodas (e pneus balão) ela adquiriu o aspecto custom das choppers, com uma postura de pilotagem com os pés projetados mais à frente.

Bike OTO com motor elétrico

Bike OTO com motor elétrico

Bike OTO com motor elétrico

Bike OTO com motor elétrico

Bike OTO com motor elétrico

O motor (hub motor, brushless) fica instalado no cubo da roda traseira – e clique nas imagens para abrir grandes ampliações.

2 comentários em “Bicicletas elétricas OtoR com visual retrô das motos centenárias

Deixe um comentário interessante neste artigo: