Bancos nos EUA nadam em dinheiro e não emprestam a quem precisa

Cartum - código de barras humano

COMO PERMITIMOS CHEGAR A ESTE PONTO?

O Chefe de Redação

Os 99% da população explorada por uma minoria gananciosa tem mesmo que ir às ruas, não para pedir, mas exigir de verdade o fim da esbórnia financeira nos Estados Unidos.

Primeiro o jornal “Washington Post” dedurou que alguns bancos estavam demolindo as casas tomadas dos devedores e doando os terrenos, porque isto saía mais barato para eles do que pagar impostos.

Agora, é o “New York Times” que revela que os donos da banca estão tão cheios de dinheiro, a ponto de tentar afastar alguns clientes – e, mesmo assim, não emprestam os recursos.

“Os banqueiros têm tido um problema estranho esses dias: estão inundados em dinheiro”, afirma o “Times”. O volume de depósitos, que já vinha aumentando, subiu mais nos últimos meses devido à crise na Europa e atingiu o recorde de US$ 8,9 trilhões.

Segundo o jornal, a população, com medo do que poderá acontecer com a economia, tem guardado o dinheiro no banco, que, por sua vez, não o empresta, seja porque também está inseguro com a economia, seja por não encontrar tomadores “confiáveis” que estejam dispostos a assumir riscos neste momento. (…)

Informação completa no Radar Econômico

* * *

O Chefe de Redação


2 comentários em “Bancos nos EUA nadam em dinheiro e não emprestam a quem precisa

  • 26 de outubro de 2011 em 22:50
    Permalink

    Muito bom o comentário. Passarei a ser um frequentador “assíduo” do saite.

    Sou blogueiro.

    Quando tiver um tempinho acesse http://maspt.blogspot.com – RAPADURA, O BLOG DO MINGAS.

    Miguel Alves dos Santos
    Arapiraca – Alagoas

    Resposta
    • 26 de outubro de 2011 em 23:57
      Permalink

      Seja bem-vindo Miguel. Também vou prestigiá-lo. Sucesso e abraço. Paulo

      Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: