Balcão de madeira para bar encapsulado em resina transparente

MÓVEL ANTIGO CONFINADO COMO UM FÓSSIL

Móvel confinado em resina translúcida

Sabe aqueles fósseis de insetos capturados pelo âmbar das árvores? É essa ideia que procura passar o Nucleo coletivo de design italiano com este móvel encapsulado em resina translúcida.

Os autores se referem à antiga bancada de madeira como console, para uso doméstico, mas dá para imaginar o efeito espetacular da peça – 175 x 85 x 37,5 cm – como balcão de bar ou loja.

A técnica de confinamento com polímero epóxi transparente, colorização e disposição das bolhas de ar é relativamente simples. Neste caso, a maior dificuldade está na dimensão das fôrmas.

Móvel confinado em resina translúcida

Resina catalisada com bolhas de ar

Móvel confinado em resina translúcida

Técnica de encapsulamento com resina

Móvel confinado em resina translúcida

Móvel confinado em resina epóxi translúcida

Clique nas imagens para ampliar

4 comentários em “Balcão de madeira para bar encapsulado em resina transparente

  • 21 de julho de 2016 em 18:03
    Permalink

    Fala Marcos beleza, sabe dizer qual material foi utilizado para fazer o molde para conter e dar forma a resina. GRATO!

    Resposta
    • 22 de julho de 2016 em 15:44
      Permalink

      Caixas de madeira compensada ou MDF reforçado externamente, Elvis, com as arestas bem vedadas com cola. Depois de impermeabilizada com verniz, sobre a superfície interna aplica-se cera desmoldante – que se encontra com facilidade nas lojas fornecedoras de resina. Abs.

      Resposta
  • 9 de janeiro de 2016 em 15:41
    Permalink

    boa tarde,
    queria saber qual resina foi usada para fazer neste movel?
    meu interesse é fazer em tampo de madeira para um balcão em minha casa.
    desde já, agradeço
    willian

    Resposta
    • 9 de janeiro de 2016 em 21:00
      Permalink

      Oi, William.
      Com relação ao balcão mostrado no artigo, foi utilizada resina epóxi catalisada.
      Dá uma acabamento excelente e muito resistente, porém, é cara e requer mão-de-obra um pouco especializada.
      Se você utilizar resina de poliéster catalisada vai ter um material mais fácil de manusear, polir e restaurar em caso de danos.
      O custo é bem mais baixo mas tem menor resistência a riscos que a anterior.

      A resina de poliéster é a mesma usada na fabricação de fibra de vidro e tem cor de mel levemente leitoso.
      Se você precisar de grande transparência compre a resina de poliéster tipo “cristal”. Essa é transparente como água.

      Depois de aplicada no tampo da mesa e quando estiver bem curada e seca, você deve ir usando lixas cada vez mais finas para obter melhores resultados.
      A última lixa deveria ser na faixa do n.º 2500. Utilize lixas d’água molhadas para evitar entupimento das mesmas.

      Após esse procedimento, utilize pasta de polimento para automóveis e dê o brilho final com cêra para pintura automotiva.
      Consulte um pintor de automóveis da sua cidade pra tirar quaisquer outras dúvidas.

      Boa sorte!     :o)

      Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: