As fontes de inspiração na decisão de lançar um blog

Espelho_meu

Do blog A Cachaça da Happy Hour (publicado em 28/08/2009)

Tenho que fazer uma referência a cinco elos da corrente blogosférica desta lista aí ao lado, na barra lateral. Trata-se de links especiais não só pelo caráter afetivo que levou à sua elaboração, mas pela competência e dedicação com que estas personagens se entregam ao seu ofício. Elas são algumas das fontes de inspiração para que eu ouse lançar o Blog da Nívia / Cachaça Araci.

Mais do que uma sugestão para acessos – sim, todos merecem ser visitados, e sempre! – é um reconhecimento e uma homenagem a esses blogueiros e escritores. Vai em ordem alfabética, até porque a minha preferência por eles é bem neutra, do tipo maternal:

A Bodega Cultural é tocada por dois meninos muito antenados que descobri faz um tempo. O Carlinhos Medeiros me fascina pelo arrebatamento, tão característico do nordestino, em especial dos cearenses. O Paulo Maurício, ao contrário, é mais cerebral, caso típico de um fluminense da fria região serrana. Enfim, uma dupla yin e yang, uma interessante mistura, explosiva e harmoniosa.

O Luis Nassif dispensa maiores apresentações. Mineiro de Poços de Caldas, é o grande mestre de todos. Se já dava um show nas análises econômicas, se superou com a série sobre a Veja e as denúncias contra as escandalizações seletivas da imprensa. Sensível, tem uma das melhores galerias musicais da web. Agregador, formou uma das comunidades mais qualificadas da blogosfera.

A Luzete integra essa comunidade do Nassif e, sem saber disso, me apontou alguns caminhos por onde talvez eu possa me sentir mais segura neste terreno sinuoso que é a blogosfera. Deixei tudo bem registradinho no post de estréia deste blog. Sua página pessoal é de uma delicadeza só e de muito bom-gosto. A pedagoga Luzete mora em Florianópolis, Santa Catarina.

A Márcia Denser é conhecida como a musa dark da literatura brasileira. Fica difícil arranjar espaço aqui para mostrar todo o currículo dessa filósofa paulista. É de dar inveja: além de escritora, é jornalista, publicitária e editora. Com obras publicadas em vários países, faz parte do seleto grupo dos 100 maiores contistas brasileiros do último século.

O Óleo do Diabo é editado pelo jornalista carioca Miguel do Rosário, profundo conhecedor das esquinas etílicas da Lapa e do centro do Rio de Janeiro. Com certeza é possuidor de um dos melhores textos da Internet. Esse menino é bem jovem mas tem uma sofisticação para escrever que impressiona. Suas críticas às manipulações políticas da grande mídia são demolidoras.

É isso, eu não podia deixar de fazer essa homenagem às minhas referências na Internet, que atravessam o Brasil de uma ponta à outra. De coração, acho que são bons exemplos a serem seguidos por quem resolva trilhar este caminho sem volta. Tenho a conviccção de que os elos dessa enorme corrente chamada blogosfera vão se fortalecer cada vez mais.

* * *

Blog da Nívia de Oliveira Castro

Deixe um comentário simpático neste artigo: