Arte que transita entre a fragilidade e a eternidade do mundo

GEOMETRIA DELICADA E EFÊMERA DA ARTE

Arte efêmera das aves

Por mais que se perceba o rigor geométrico desta composição artística à distância, basta um leve gesto ou a respiração do espectador mais próximo para que toda a escultura entre em delicado movimento.

Esta é a marca da artista plástica francesa Isa Barbier, que transita entre a fragilidade do mundo e a sua eternidade, em obras efêmeras compostas por penas de pássaros suspensas em finos fios de nylon.

Artista francesa

Outros trabalhos aqui

Deixe um comentário interessante neste artigo: