Arte dá volume tridimensional a coisas velhas e invisíveis

RABISCOS QUE SALTAM DA FOLHA DE PAPEL

Telefone retrô em 3D

Pode parecer difícil de acreditar à primeira vista, mas estes aparentes rabiscos não são contornos de rascunhos de desenhos. Um olhar mais atento revela que os sketches são esculturas de arame.

As figuras tridimensionais do artista alemão Martin Seen contra o fundo claro com certeza lembram ilustrações de cartunistas (que ele também é) rapidamente traçadas em alguma folha de papel.

Após uma inspeção mais próxima, pode-se observar a enorme quantidade de laços, nós e pedaços de fios que foram freneticamente manipulados e retorcidos para projetar cada objeto com perfeição.

Senn constrói séries de ítens retrô, desde o telefone com discador rotativo até velhas motos. Há mesmo algo de muito brincalhão nessas obras que compõem versões volumosas de coisas invisíveis.

Máquina de datilografia Olivetti ou Remington?

Moto em 3D de arame

Câmera para fotos em 3D

Lambreta em 3D

Com My Modern Met

2 comentários em “Arte dá volume tridimensional a coisas velhas e invisíveis

Deixe um comentário simpático neste artigo: