Anéis detonados exibem maldade única em conceito de design

QUANDO O TÃO ERRADO É O MAIS CORRETO

Joalheria detonada

Esta série de anéis parece saída do depósito de sucata de uma oficina mecânica ou do lixo de alguma serralheria. Mas é possível perceber que os “defeitos” são criados com notável precisão artística.

A responsável pelas marretadas e manuseio bruto de limas e serras nas peças de bronze e prata é a joalheira Dina González Mascaró. A argentina concebe cada joia com a sua própria dose de maldade.

Joalheria detonada

Joalheria detonada

Joalheria detonada

Joalheria detonada

Joalheria detonada

Joalheria detonada

Os preços de cada anel variam entre o equivalente a 1 mil e 2 mil reais.

Deixe um comentário simpático neste artigo: