A explosão de cores em nebulosa contida dentro de uma opala

GALÁXIA NO INTERIOR DE PEDRA PRECIOSA

Galáxia no interior de pedra preciosa

O que você vê aprisionados nesta pedra: nuvens de poeira cósmica de uma nebulosa, rolos de fumaça expelidos pela erupção de um vulcão, formações de corais no fundo do mar ou outra imagem mental?

Você pode imaginar qualquer coisa porque foi exatamente por isso que essa lasquinha de opala, medindo 4,6 x 4,4 cm e 119 quilates de peso, foi arrematada por 20 mil dólares num leilão da Bonhams.

Galáxia no interior de pedra preciosa

Justifica-se, portanto, por conter um cenário tão surreal. A opala é uma rocha sílica amorfa hidratada e, mesmo leitosa, tem como principal característica a intensa fusão de um jogo de cores belíssimo.

Esta pedra preciosa – há muito tempo foi abolido o uso do prefixo semi; ou é ou não é – foi encontrada numa mina do estado norte-americano do Oregon. Mas ela também ocorre em vários continentes.

Galáxia no interior de pedra preciosa

Clique nas imagens para observar melhor ou veja grandes ampliações aqui

4 comentários em “A explosão de cores em nebulosa contida dentro de uma opala

Deixe um comentário simpático neste artigo: