2012: sem medo do futuro, desde que ele venha pela frente

FELIZ ANO NOVO!

É com o espírito inquieto dos roqueiros e a loucura santa dos blogueiros que nos despedimos de 2011, desejando aos amigos internautas que no ano que se inicia evitemos as armadilhas dos aquários, a que se refere a canção, com que os ainda poderosos tentam limitar nossa liberdade.

Como ensinou o intrépido Corisco, não temos medo do futuro, desde que ele venha pela frente. A nossa sincera esperança — de todos os companheiros da Matéria Incógnita — é que 2012 mostre logo a sua cara, para que seja bem-vinda e nos redobre o ânimo de conspirar pelo bem comum.

Pink Floyd

WISH YOU WERE HERE

Pink Floyd

So,
So you think you can tell
Heaven from Hell,
Blue skies from pain
Can you tell a green field
From a cold steel rail?
A smile from a veil?
Do you think you can tell?

Did they get you to trade
Your heroes for ghosts?
Hot ashes for trees?
Hot air for a cool breeze?
Cold comfort for change?
Did you exchange
A walk on part in the war
For a lead role in a cage?

How I wish, how I wish you were here
We’re just two lost souls
Swimming in a fish bowl,
Year after year,
Running over the same old ground.
What have we found?
The same old fears
Wish you were here



Com remix de imagem obtida NeatoShop

2 comentários em “2012: sem medo do futuro, desde que ele venha pela frente

  • 30 de dezembro de 2011 em 22:20
    Permalink

    Caraca!
    Eu bem que andei tentando achar uma mensagem bacana assim.
    E encontrei aqui, bela surpresa.
    Na sinceridade, vou copiar e passar pros meus contatos.
    Espero que não se incomode. Um beijo e feliz Ano Novo.

    Resposta
  • 30 de dezembro de 2011 em 17:46
    Permalink

    Te adoro, Yuri. Você só pode ser muito gato…. miauuuuuuuuuu…….

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: