Painel de celebração à vida com passarinhos em árvores de metal

SIGNO DE LIBERDADE E REFLEXÃO SOBRE O FUTURO – Talvez nunca como agora tenhamos prestado tanta atenção na liberdade dos animais silvestres, na proporção inversa da nossa atual condição de confinados. Sob este ponto de vista, esse painel representa um símbolo alentador de celebração à vida, que tanto prezamos.

Ler mais

A baleia jubarte com idade de meio século que não sai de moda

UMA ESCULTURA REALISTA DE MÚLTIPLA UTILIDADE – Esta escultura de baleia jubarte em 3D veio à tona em meados do século passado para ser utilizada como fivela para cintos. Mas o design da réplica é tão realista e atual que ainda cai bem como pingente para colar ou como painel de metal para decorar a sua casa de praia.

Ler mais

‘Novilíngua’ com que os neoliberais sutilmente escravizam o povo

O ÓDIO CONTRA TODAS AS FORMAS DE HUMANIDADE – Uma reconfiguração vocabular está em curso na sociedade brasileira desde 2014 para escravizar você de um modo infalível: por você mesmo. O método é simples, o novo léxico chega diariamente pela tevê, jornais, revistas e se espalha depois como ódio pela web.

Ler mais

A difícil gestão da mudança: como enfrentar o medo do novo

SINTA MEDO DE TUDO O QUE VOCÊ NÃO CONHECE – A vida é mudança, mas ela assusta. Dá uma vontade de gritar: ‘pare o mundo que eu quero descer!’ A origem do mal-estar está na biologia. Nosso cérebro é resultado de 2,5 milhões de anos de evolução. Levamos muito tempo vivendo em cavernas e pouco tempo em cidades.

Ler mais

Evidências de que a Lua teria sido habitada por formas de vida

ÁGUA EM ESTADO LÍQUIDO COM ATMOSFERA DENSA – Após a Lua ter surgido há 4,5 bilhões de anos, de seu interior foram lançados grandes volumes de gases muito voláteis. O processo de desgaseificação resultou na formação de água na superfície e de atmosfera densa o suficiente para preservar a vida por milhões de anos.

Ler mais

Anel meia-lua ou quarto crescente vazado em tamanho grande

LUA ADVERSA, UMA POESIA DE CECÍLIA MEIRELLES – Tenho fases, como a Lua, de andar escondida, fases de vir para a rua… Perdição da minha vida! Tenho fases de ser tua, tenho outras de ser sozinha. Fases que vão e que vêm, no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para o meu uso. E roda a melancolia…

Ler mais