Na dinâmica do movimento tigelas espirram metal para os lados

UMA ÓTICA BEM DIVERTIDA PARA OS UTENSÍLIOS DE LUXO – A dinâmica do movimento solidificada em uma divertida escultura. É como uma fotografia em 3D, que tivesse captado o exato momento em que objetos, frutas e outros alimentos acabassem de cair dentro do metal derretido, espirrando gotas para todos os lados.

Ler mais

Tigela de madeira com frestas e buracos preenchidos com metal

ESCULTURA DE MADEIRA-DE-LEI E PEWTER DERRETIDO – Uma lasca de nogueira foi escavada e transformada numa espécie de tigela decorativa de grandes proporções. Mas o definitivo toque artístico foi dado com o preenchimento das rachaduras, frestas, buracos e demais “defeitos” da madeira-de-lei com pewter derretido.

Ler mais

Vaso artístico redondo de pewter com o interior folheado a ouro

BORDAS IRREGULARES QUE REMETEM A LABAREDAS – Sobre um molde redondo ou uma bola de aço, são despejadas várias conchas de pewter derretido. À medida que a liga de estanho escorre e se solidifica, o vaso ou tigela começa a ganhar forma. Após o desmolde, aplica-se a folheação a ouro no interior da obra de arte.

Ler mais

Tigela ou saboneteira de cerâmica e metal ‘escorrendo’

ARTE EM MOVIMENTO COM PLASTICIDADE DO PEWTER – O utensílio tanto pode enfeitar mesas e prateleiras quanto servir de saboneteira com design sofisticado. A tigela de cerâmica é adornada por pewter fundido, como se o metal ainda estivesse escorrendo bem quente. A liga tem a vantagem de não oxidar como a prata.

Ler mais

Amigo é coisa pra se guardar… e sempre dar uma força

LULI AGITA A RODA DE CONVERSA POÉTICA

Uma mulher batalhadora, talentosa, apaixonada pelo seu trabalho e honesta – inclusive intelectualmente.

Luciana Thees Vianna também é a livreira que começa a se transformar em agitadora cultural de Petrópolis.

Ler mais

O Poeta de Meia-Tigela lança dois livros: Girândola e Miravilha

TÍTULOS NA CAPOLAVORO EM PETRÓPOLIS

O Poeta de Meia-Tigela ou Alves de Aquino, é um professor de filosofia que traz em sua poesia reflexões sobre a existência.

Cearense, envereda por labirintos dos enigmas da sociedade, dos lances da carne e do espírito, das tragédias do cotidiano.

Ler mais