A dor torturadora da perda de um grande amor… sem dramas

OS REENCONTROS COM AMORES PASSADOS

Quando a dor torturadora enfim se vai, vencida pelo correr dos longos dias, o que sentimos não é alívio, mas vazio e frustração.

Pensamos: o grande amor exige a dor eterna, luto no coração até o último dia. Mas a morte da dor amorosa também pode doer.

Ler mais

Nunca ligue para um amor perdido em busca de um reencontro

SÓ TELEFONE SE FOI UM AMOR DE MENTIRA

No mundo perfeito, os casos de amor terminariam na hora certa. No último beijo que funcionou.

Ou na última vez em que o amor e a generosidade triunfaram sobre o ódio e a mesquinharia. Mas isso não acontece.

Ler mais

Desejo primeiro que você ame, e que amando, seja amada

O CHEFE DE REDAÇÃO
Desejo primeiro que você ame,

E que amando, também seja amada.

E que se não for, seja breve em esquecer.

E que esquecendo, não guarde mágoa…

Ler mais

Poema de Suely Sousa, de Recife, em homenagem aos japoneses

NIRVANA
A ante-sala do céu se encheu de japoneses
Espantados,
Cansados,
Molhados…

Ler mais

O filho predileto, a quem a mãe se dedica de corpo e alma

Certa vez perguntaram a uma mãe qual era seu filho preferido, aquele que ela mais amava.

E ela deixou entrever um sorriso e respondeu:

— Nada é mais volúvel que um coração de mãe…

Ler mais