Ganchos geométricos de metal para pendurar roupas e bolsas

TOQUE DE MODERNIDADE NA PAREDE DA SALA – O design urbano minimalista é a principal característica deste suporte de metal com quatro ganchos para pendurar casacos, bolsas ou guarda-chuvas. Composto por figuras geométricas, o rack dá aquele toque de modernidade na parede da sala ou junto à porta de entrada.

Ler mais

O design harmônico de letreiro de metal com a placa pendurada

EQUILÍBRIO ENTRE FORMAS CURVAS E RETANGULARES – Neste letreiro de origem francesa chama a atenção o equilíbrio entre as formas curvas da estrutura de ferro forjado e a rigidez geométrica da placa dupla face retangular. A harmonia no design deste conjunto é perfeita, como os modelos que criamos em nossa fábrica.

Ler mais

Bijuterias com pastilhas coloridas de cerâmica sobre pewter

MOSAICO ESTILO MARROQUINO EM BIJUS EXÓTICAS – O conjunto geométrico de pingente retangular para cordões compõe com um par de brincos quadrados no mesmo estilo. O mosaico de influência marroquina é formado por pequenas pastilhas coloridas de cerâmica montadas em mini bandejas fundidas em pewter.

Ler mais

Fábrica de letreiros artísticos de metal transversais às calçadas

SERRALHERIA ARTÍSTICA NA REGIÃO SERRANA DO RIO – Placas penduradas na perpendicular dos passeios são complementares aos letreiros em fachadas de lojas, permitindo uma clara visualização das marcas pelo público que transita naquele lado da rua. É o que fazemos em nossa fábrica de Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Ler mais

Jeep Bantam, pioneiro da vitoriosa linhagem de veículos off-road

GUERRA E PAZ: COMO COMEÇOU E ATÉ ONDE CHEGOU – Ao entrarem na Segunda Guerra, os EUA tiveram que se equipar com um veículo militar a partir do zero em apenas 49 dias. Então, um projetista adaptou um automóvel de passeio como jipe leve de assalto capaz de enfrentar os velozes carros das blitzkrieg alemãs.

Ler mais

Jipe Land Rover Defender acaba aposentado aos 68 anos de idade

FIM DE ERA E LINHA PARA OS QUADRADÕES

O mês termina com o fim da produção de um dos últimos jipes quadradões, o verdadeiro Manuel Audaz, aposentado aos 68 anos.

A montadora considera inviável gastar 56 horas de trabalho para construir o 4×4, boa parte à mão. Coisas do capital globalizado.

Ler mais