Gatos pretos sentados na janela em painel de metal

DECORAÇÃO TEMÁTICA PARA QUEM GOSTA DE GATOS – Todos têm em casa ou no escritório uma parede onde se gostaria de ver uma janela aberta. Mas como nem sempre é possível, o jeito pode ser instalar um painel de metal vazado com silhuetas de gatos sentados no parapeito da janela com vidraças entreabertas.

Ler mais

Asas de anjo realistas com réplicas perfeitas de penas em metal

‘A OUTRA ASA’: BONITA FÁBULA INSPIRADA NO AMOR – O par de asas dourado ou perolizado, com cerca de 300 penas, é confeccionado em chapa de metal estampado reproduzindo fielmente a estrutura e o visual das plumagens verdadeiras. Quando instalado na parede o painel duplo chega a alcançar 1,5 metro de largura.

Ler mais

Já escondi um amor com medo de perdê-lo – de Clarice Lispector

CRÔNICA DE UMA GRANDE ESCRITORA BRASILEIRA – Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um grande amor por escondê-lo. Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir as minhas próprias mãos. Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso…

Ler mais

Anel meia-lua ou quarto crescente vazado em tamanho grande

LUA ADVERSA, UMA POESIA DE CECÍLIA MEIRELLES – Tenho fases, como a Lua, de andar escondida, fases de vir para a rua… Perdição da minha vida! Tenho fases de ser tua, tenho outras de ser sozinha. Fases que vão e que vêm, no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para o meu uso. E roda a melancolia…

Ler mais

Quando menos é mais: pingente de Lua em Quarto Crescente

A FORÇA E A DELICADEZA DE UMA JOIA MINIMALISTA – Tenho fases, como a Lua, fases de andar escondida, fases de vir para a rua… Perdição da minha vida! Perdição da vida minha! Tenho fases de ser tua, outras de ser sozinha. Fases que vão e vêm, no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para meu uso.

Ler mais

Portão de ferro para haras ou fazenda de criação de cavalos

UM CAVALEIRO SOLITÁRIO, POR FERNANDO PESSOA – Do vale à montanha, da montanha ao monte, cavalo de sombra, cavaleiro monge. Por casas, por prados, por quinta e por fonte, caminhais aliados. Por penhascos pretos, atrás e defronte, caminhais secretos. Por plainos desertos, sem ter horizontes, caminhais libertos…

Ler mais