Jogo com blocos de madeira para montar plataforma de petróleo

BRINQUEDO INFANTIL E BRINDE DECORATIVO

Com as peças é possível montar desde o cenário da prospecção, até a logística de transporte naval e sistema de proteção militar.

O brinquedo ‘offshore’ também faz muito sucesso entre as empresas do setor petrolífero, como brindes e objetos de decoração.

Ler mais

Sapato com caveiras da grife Iron Fist para garotas trevosas

ENFEITES DE METAL EM 3D PARA CALÇADOS

A marca se consolidou ao criar peças de vestuário destinadas ao público jovem, entediado com a mesmice da moda convencional.

Este sapato feminino de salto plataforma, por exemplo, tem a forração de cetim com estampas borradas e pingentes de caveira.

Ler mais

Nesta terra, em se furando, tudo jorra petróleo adoidado

INCRÍVEL TAXA DE SUCESSO DA PETROBRAS

No resto do mundo, a cada 8 poços perfurados por empresas estrangeiras, somente em um encontram reservas de petróleo, ou 12%.

Aqui no Brasil, as taxas de sucesso da Petrobras já chegam a 75%, isto é, se acha petróleo em três de cada quatro poços escavados.

Ler mais

Janela se inclina para fora do prédio e dá ’tilt’ nos observadores

COM A SENSAÇÃO DO EDIFÍCIO TOMBANDO

Olha só a morbidez desse negócio. Trauma com a queda das Torres Gêmeas? Instinto masoquista de quem tem pavor de altura?

A janela de um arranha-céu se inclina e você tem a sensação de que vai despencar do 94º andar, algo como mais de 300 metros.

Ler mais

Swindle – monster jeep vermelho com plataforma de pole dance

UM JIPE CUSTOM PARA ARROMBAR A FESTA

No início, o jipão era um monster que chamava a atenção pela plataforma de pole dance instalada na traseira.

Com o tempo, ganhou novos equipamentos, acessórios, ferragens, volante radical e um time de dançarinas.

Ler mais

Ocean Clean Up, o barco coletor de sacos plásticos no mar

FORÇA DA JUVENTUDE PROTEGE OCEANOS

Um jovem de apenas 19 anos, bolou um sistema que promete limpar cerca de 7,25 milhões de toneladas de plástico do mar, em apenas cinco anos.

Delírio adolescente? Parece que não, ao menos pela lógica do custo-benefício imediato.

Ler mais